15 de diciembre de 2017

(Review 166) - Releitura: Os Lendários Heróis de Greenwood

Os Lendários Herois de Greenwood
Alex Godoi

Editora Scortecci

160 Páginas
 Aventura / Narrativa / Juvenil / Fantasia

Livraria Cultura /Amazon / Scortecci 
★★★
*** Para leer esta reseña en Español, haz click AQUI
Em uma terra distante chamada Greenwood, quatro jovens aventureiros são vítimas dos ataques sofridos em seus vilarejos pelo general Latril e seu maldito exército. Forjados na dor pela morte de seus familiares, com a ajuda de três amigos, o destino os unirá e, fortalecidos pela amizade buscarão o paradeiro do assassino para o acerto de contas. Em meio à aventura, abordados inesperadamente pelo bardo Fenrir, os jovens serão levados à épica missão de retornar a Fortaleza dos Guardiões (o Santuário) da tirania do imperador das trevas. Os jovens aventureiros se encontrarão no meio de sete guardiões do cálice de fogo liderados na batalha pelo druida Guillian. A jornada os levará ao desconhecido, por terras repletas de elfos, grifos, centauros, sereias, gnomos, homens-lagarto, polvos gigantes, feiticeiros, uma aventura de tirar o folêgo! Conseguirão os guardiões reaver sua fortaleza e deter o mal que ameaça a paz em Greenwood? Os jovens aventureiros terão êxito em sua busca? Será feita a justiça com o sangue inocente derramado? Nesta fantástica aventura, valores como a amizade e fidelidade, e a contraposição entre o bem e o mal, a razão e coração definirão o futuro dos reinos de Greenwood. Prepare-se para esta grande aventura! 

13 de diciembre de 2017

(Review 165) - La Leyenda de las dos Piratas

La Leyenda de las dos Piratas
María Vila
960 Páginas
 Aventura / Narrativa / Juvenil / Romance

Goodreads /Amazon / Casa del Libro 
★★★
*** Para leer esta reseña en Español, haz click AQUI
Londres, ano de 1579. Duas jovens aristocratas - a futura condessa, Inés Braukings e a princesa bastarda, Victoria Dudley - se rebelam contra a vida já planejada à elas desde o nascimento e decidem fugir em busca de liberdade. Para escapar para longe da jaula de ouro que o futuro parece reservar à elas, embarcarão no "El Miguel", um barco pirata comandado pelo habilidoso capitão Miguel Saavedra, amigo pessoal da rainha Isabel, que sequer desconfia das atividades criminosas de seu súdito. Quando a relação com o capitão e a tripulação do barco começar a se complicar, Inés e Victoria serão obrigadas a novamente se afastar e conduzir - com a ajuda da letal Shatidje - seu próprio navio. "La Leyenda de las dos Piratas" é uma história de aventuras, de duelos ao luar, de amores impossíveis, intrigas e mortes, amizades inquebrantáveis, ambientada em um tempo em que defender a própria honra era o que dava sentido a própria vida. 

12 de diciembre de 2017

Porque "Alice and the Books" agora é "De repente, no último livro"?


Porque de repente, acho que esse blog representa mais do que simplesmente "eu e meus livros" e ao mesmo tempo, porque também sinto que sou mais do que simplesmente livros. Dificil entender né? Mas às vezes é necessário separar a pessoa das coisas que ela ama. Porque uma pessoa não se resume à apenas uma coisa que ama, e às vezes, as coisas que amamos, tampoco se resumem apenas a nós, então tirar meu próprio nome do nome do blog, nos "separarmos" literalmente foi necessário e muito benéfico.

Imagen relacionadaFaz tempo que sentia a necessidade de expandir o blog, transformar ele. Porque eu sou uma pessoa que muda muito, uma "mulher de fases" em todos os sentidos. A idéia de comprar um domínio próprio (.com) já vinha me tentando faz tempo. Acontece que no momento em que decidi dar esse passinho à mais, senti que o blog também necessitava de maior independência, ser mais genérico, abrangente e menos "Alice and the books". Me limitar assim e limitar o próprio alcance do blog já me parecia sem sentido. Eu queria desvincular meu nome do blog porque sentia que conforme o blog ia crescendo, ia se tornando mais do que isso, centrá-lo em mim, ainda que fosse apenas no titulo já me parecia reduzi-lo à menos do que espero que seja. Eu acho que quando algo se torna mais genérico ele inevitavelmente abarca maior número de pessoas. A gente deixa de se sentir visita no canto da "Alice e seus livros", e passa a ser mais íntimo, porque o papo sempre foi sobre livros, os grandes protagonistas do blog e não sobre a Alice, alguém que apenas os escreve tentando compartilhar um dos assuntos que ama.

Ser apenas a autora do post e ver o blog ter nome próprio, criar vida própria, desvinculando-se um pouco de mim me dá alívio. Continuo aqui, por detrás dos bastidores, mas ao mesmo tempo as portas estarão abertas à quem vier. 

Agora, certamente, você se pergunta, porquê "De repente, no último livro"?

A resposta é fácil pra quem me conhece bem. 
Além de livros, eu amo filmes! E se forem filmes antigos, da velha Hollywood, ai eu amo mais ainda (pensa numa fanática de Cantando na Chuva e Quanto mais quente melhor). E se esse filme antigo tiver no elenco Elizabeth Taylor e Montgomery Clift (dois dos meus atores favoritos que foram e são até hoje parte da minha vida) aí pode ter certeza de que eu sei de memória muitos dos diálogos do filme, de tanto assistir!

Resultado de imagen para gif suddenly last summerDe repente, no último verão (Suddenly Last Summer) é um dos meus filmes favoritos. Se trata de um drama de 1959, adaptação de uma das obras do dramaturgo Tennessee Williams, que trata sobre vários temas que, na época, foram inclusive polêmicos. 
Quando eu estava pensando no novo nome para o blog, uma das idéias que surgiu foi justamente essa. No meu próprio blog de livros, fazer um tributo também à esse filme que se tornou meu queridinho, e à Liz e Monty, dois atores que sempre amarei, que hoje já descansam em paz, porém deixaram um legado de filmes extraordinários e inesquecíveis. 

É uma homenagem singela à um dos meus outros hobbies, ao mesmo tempo um tributo à um dos meus filmes favoritos.

Espero que nessa nova fase de blog você que me lê continue comigo. Preciso desse conforto, desse apoio, dessa amizade simples que vem às vezes por meio de um comentário modesto, que pode parecer pouco pra alguns, mas pra mim tem significado sempre.

Quaisquer sugestões, estou aqui, e estarei encantada em escutar. E se o texto aqui ficou ruinzinho ou complicado de entender, desculpem de coração, às vezes eu sou complicada me explicando e meu vocabulário nem sempre é dos mais coerentes...

Enfim, entre erros e acertos, vivendo e aprendo, eis-me aqui pensando e desejando em começar uma nova fase, que espero eu seja pra melhor, pra mim, pro blog, pra você que me lê, pra todos nós.


Nos Lemos,

Resultado de imagen para elizabeth taylor gif


Alice

6 de diciembre de 2017

To be Read: O que vou ler em Dezembro



Buenas!

Dezembro já chegou pisando forte e eu nem acredito. Pra variar falta um pouco pra cumprir a meta de leitura do Goodreads (8 livros pra ser sincera) e embora o saldo não seja desesperador, sei que leio devagar, então no meu caso é uma corrida contra o tempo pra cumprir. Bom, por um lado o que seria de nós sem uma pitada de emoção né? Por outro lado aquele lado mais perfeccionista meu fica o tempo todo me cobrando que eu preciso cumprir o Reading Challenge desse ano porque sim!

Para esse mês tentei variar os gêneros das leituras ao máximo, mas como Dezembro acumula algumas parcerias e também algumas leituras coletivas, senti que novamente acabei pendendo forte para a fantasia (eu juro que tento fazer diferente, mas termino andando em círculos aqui). 

Bom, sem mais enrolação, minha TBR para o mês de Dezembro ficou assim:

3 de diciembre de 2017

Wrap-Up: Os livros lidos em Novembro


Oiieee

Depois de mais de 10 dias sem postar, volto à ativa. Estive focada esses dias em alguns outros assuntos, além disso ainda espero conseguir cumprir meu Reading Challenge do Goodreads desse ano, assim que no tempo livre prefiri focar-me nas leituras atrasadas e pude finalmente concluir Heartless da Marissa Meyer hoje mesmo, em breve os trarei a resenha.

Nesse mês de Novembro li 6 livros. I know, deveria ter lido mais se quisesse mesmo cumprir a meta de leitura pois ainda faltam 8 livros e nesse ritmo não estou segura de se irei conseguir finalizar, mas em minha defesa posso dizer que La Leyenda de las dos piratas, minha leitura favoritissima não apenas do mês mas provavelmente até mesmo do ano, tem 964 respeitáveis páginas! Ter lido em poucos dias um livro de quase 1000 páginas é todo um avanço para alguém como eu, que se desinteressa com facilidade e se cansa rápido. 

Assim, sem mais delongas, os apresento as minhas leituras de Novembro:


35097558        33846385        30820990        
                                            ★                               ★                                 

          
36105399        30970955        36199588
                                                     ★                                      ★                                 

La Leyenda de las dos piratas - María Vila - Como disse esse livro é simplesmente minha melhor leitura do ano até agora. Li histórias muito boas em 2017, mas nenhuma supera La Leyenda de las dos piratas. Em suas 964 páginas mergulhamos em uma história ambientada nos oceanos infinitos da Inglaterra do século XVI. Conheceremos a história de um grupo de mulheres que decidiu rebelar-se contra seus próprios destinos para tornarem-se lendas dos sete mares. Esse não é um simples livro sobre piratas, mas uma história de amor, de liberdade, de aventuras, de sonhos, de lutas e também de fracassos, narrada numa intensidade que faz o leitor sentir-se também mergulhando em águas profundas - RESENHA EM BREVE


El día que dejó de nevar en Alaska - Alice Kellen - Essa autora já havia me conquistado em sua outra novela, 33 razones para volver a verte e nesse seu mais novo romance outra vez volta a firmar-se como uma das autoras de romance contemporaneo que mais desfruto lendo. Alice Kellen nos entrega aqui uma história cheia de emoção, com uns personagens carismáticos e intensos e um cenário bastante peculiar, as montanhas frias e exóticas do Alaska. Uma história que se lê em nada e que toca fundo no coração - RESENHA EM BREVE


Fairest ( As Cronicas Lunares, #3.5) - Marissa Meyer - Não esperava que fosse curtir a história de Levana, ela nem é a minha vilã favorita. Mas gostei do contorno que Marissa Meyer conseguiu trazer à personalidade da vilã permitindo que o leitor possa sentir alguma compaixão por Levana. A vida não é fácil nem para a rainha lunar e nesta história de pouco mais de 100 páginas descobrimos como e porquê ela se tornou alguém tão malvado - RESENHA EM BREVE


Depois do azul - Élaine Turgeon - Essa é uma leitura bem curta e que trata de um tema complicado, suicídio e também fala sobre as marcas que um evento tão traumático acaba deixando nas pessoas mais próximas. Aquela pergunta inevitável que sempre fica no ar, aquele "Mas Porquê?" que acaba sendo inevitável, e o dificil que termina por ser para a familia seguir adiante após passar por algo semelhante. Gostei porque além de nos trazer a visão da irmã gêmea em um relato bem amargo sobre como sua vida mudou após o suicidio de sua irmã, a autora também nos apresenta em breves linhas as reflexoes de seu personagem, o que a fez concluir que a única solução seria "terminar com tudo". É uma leitura que considero necessária, nos faz refletir bastante. Tem resenha dele que escrevi lá no Resenha Atual, o blog onde colaboro de vez em quando, convido quem se interessar à conferir.


The Jinni (The Forbidden Wish, #0.5) - Pelo que entendi esse é o princípio de um retelling de Aladin. Adorei que aqui o gênio será uma menina, que pelo que já senti irá se apaixonar por Aladin. A precuela é bem curtinha, então não dá pra falar muito sobre, mas achei que a história começa em um bom pé, bem intenso e com uma personagem que aparenta ser valente e destemida, espero em breve conferir a história principal. 


O Beijo Traiçoeiro (Traitor´s trilogy, #1) - Primeira parte de uma trilogia que achei bem interessante. Gostei da trama, manteve o mistério até o final e achei alguns eventos bem divertidos. Não ganhou pontuação máxima porque tive meus pegas com a protagonista, Sage Fowler, que a meu ver é radical demais em suas opinioes, além de um pouco egocêntrica. No mais, a narrativa é bem gostosa, daqueles livros que se lê bem rápido já que várias coisas acontecem, conspiracoes e alianças que se formam que vão deixando o leitor numa constante curiosidade - RESENHA EM BREVE


Beijokas,

Nos Lemos....



Alice 

22 de noviembre de 2017

De A à Z: Letra C



Esta é uma seção original do blog "Gritando al Silencio" e consiste em recomendar e nomear livros, autores, músicas, séries, filmes e blogs à partir de uma letra determinada.

Oiiii Everyone, que tal estão? Na contagem regressiva para a Black Friday? Eu também estou, embora este ano pretendo levar no máximo 2 ou 3 livros... 

Hoje toca fazer mais uma de A à Z, dessa vez cheguei na Letra C. Essa letra foi mais fácil do que as duas primeiras, especialmente no referente à livros e autores... Música também tinha várias opções mas decidi optar por uma que em seu momento curti muitoooo mesmo. 

Sem mais delongas, segue as recomendações da letra:

20 de noviembre de 2017

(Review 164) - Out of Control

Out of Control
Sarah Alderson

Simon & Schuster UK

320 Páginas
 Intriga / Mistério / Suspense / Juvenil
Goodreads /Amazon / Book Depository / Skoob 
★★★
*** Para leer esta reseña en Español, haz click AQUI
Quando Olivia, de 17 anos, se torna a única testemunha de um assassinato brutal, ela é levada a uma delegacia de policia, para sua própria segurança. Porém, quando a delegacia é atacada por criminosos e tiros parecem ecoar em seus ouvidos, fica claro que Liva não é apenas uma testemunha. Ela acaba de se tornar um alvo. Junto com um ladrão de carros chamado Jay, ela consegue escapar do massacre. Mas agora os dois estão sozinhos em Nova York tentando escapar de dois assassinos que não medirão esforços em encontrá-los. Porque quando você já está no limite, qualquer queda pode ser fatal.