(Review 334) - A Corrente

em 25 de noviembre de 2019

Título original: The Chain
Autor: Adrian McKinty
Editora: Editora Record (Brasil) / Mulholland Books (EUA) / Planeta (Espanha)
Páginas: 373
Ano de Publicação: 2019 (EUA) / 2019 (Brasil)
Gênero: Suspense / Mistério /  Thriller Psicológico
Valoração: 

Vítima. Sobrevivente. Sequestrador. Criminoso. Você vai se tornar cada um deles. O dia começa como qualquer outro. Rachel Klein deixa no ponto de ônibus a filha de 13 anos, Kylie, e segue sua rotina. Mas o telefonema de um número desconhecido muda tudo. Do outro lado, uma voz de mulher avisa que Kylie está no banco de trás do seu carro, e que Rachel só verá a filha de novo se pagar um resgate e sequestrar outra criança. Assim como Rachel, a mulher no telefone e mãe, também teve o filho sequestrado e, se Rachel não fizer exatamente o que ela manda, o menino morre e Kylie também. Agora Rachel faz parte da Corrente, um esquema aterrorizante que transforma os pais das vítimas em criminosos e, ao mesmo tempo, deixa alguém rico. A Corrente é implacável, apavorante e totalmente anônima. As regras são simples: entregar o valor exigido, escolher outra vítima e cometer um ato abominável do qual, apenas vinte e quatro horas antes, você se julgaria incapaz. Rachel é uma mulher comum, mas, nos dias que se seguem, será levada a extremos que ultrapassam todos os limites do aceitável. Ela será obrigada a fazer escolhas morais inconcebíveis e executar ordens terríveis. Os cérebros por trás da Corrente sabem que os pais farão qualquer coisa pelos filhos. Mas o que eles não sabem é que talvez tenham se deparado com uma oponente à altura. Rachel é inteligente, determinada e... uma sobrevivente. 


(Review 333) - Confidências de uma ex-popular

em 18 de noviembre de 2019

Título original: Confidências de uma ex-popular
Autor: Ray Tavares
Editora: Editora Galera Record (Brasil)
Páginas: 431
Ano de Publicação: 2019 (Brasil)
Gênero: Romance Juvenil / Young Adult
Valoração: 


Beleza. Poder. Popularidade. O que mais uma garota pode querer?

Renata acaba de ser expulsa de sua antiga escola. Perdeu seu status, seus amigos, seu namorado e sua antiga vida de privilégios. Agora, precisa recomeçar do zero, em um rígido internato católico. Possessa e nada disposta a construir novos laços de amizade por conta das frustrações do passado, ela se vê, de repente, perdida. Sem largar sua essência, a garota se equilibra entre lidar com o desprezo constante dos alunos do colégio, recusar as investidas do presidente de um grupo misterioso e, nesse meio, administrar seu interesse por um aluno em particular. Será que Renata vai conseguir superar seu passado e iniciar uma nova jornada mostrando uma nova versão de si mesma - ou insistirá em seus velhos erros?


(Review 332) - A Mãe Perfeita

em 14 de noviembre de 2019

Título original: The Perfect Mother
Autor: Aimee Molloy
Editora: HarperCollins (Brasil) / HarperCollins (EUA) / Ediciones B (Espanha)
Páginas: 357
Ano de Publicação: 2018 (EUA) / 2019 (Brasil)
Gênero: Thriller Psicológico / Suspense
Valoração: 
Goodreads / Amazon / Skoob / Saraiva / Cultura 


Ser a mãe perfeita parece impossível, mas ainda assim elas tentam. Recebem e-mails com dicas sobre a criação dos filhos, trocam mensagens com sugestões e se apóiam quando precisam. Alguns meses após se conhecerem, Winnie, Francie, Colette e Neil decidem sair para beber em um bar local, buscando uma pequena folga na rotina. Mas na noite de Quatro de Julho, durante o verão mais quente da história do Brooklyn, o que começa com alguns drinques inocentes termina terrivelmente errado: um dos bebês é roubado de seu berço. Winnie estava relutante em deixar Midas, seu filho recém nascido, em casa com a babá, mas o grupo insistiu. Quando Midas desaparece sem deixar rastros, a vida dela entra em colapso. As Mamães de Maio são as únicas dispostas a escutá-la e ajudá-la. Porém, além de investigarem o desaparecimento da criança, elas precisam investigar umas às outras. Não se conhecem tão bem quanto pensavam e, conforme a investigação policial avança e a mídia faz do sofrimento de Winnie seu assunto principal, segredos são expostos, casamentos testados e amizades formadas e destruídas.  

(Review 331) - O Analista

em 7 de noviembre de 2019

Título original: The Analyst
Autor: John Katzenbach
Editora: Novo Século (Brasil) / Corgi (USA) / Ediciones B (Espanha)
Páginas: 464
Ano de Publicação: 2003 (EUA) / 2013 (Brasil)
Gênero: Thriller Psicológico / Suspense
Valoração: 
Goodreads / Amazon / Skoob / Saraiva / Cultura


"Feliz aniversário de cinquenta e três anos, doutor. Bem vindo ao primeiro dia de sua morte". Assim começa a carta que Frederick Starks, um psicanalista de Nova York, recebe no dia de seu aniversário. A vida tranquila que Starks conhecia até então acaba ali. Ele é lançado em um verdadeiro jogo mortal, por um psicopata que se autodenomina Rumplestiltskin. Em uma eletrizante corrida contra o tempo, Stark deve descobrir a identidade e as motivações do assassino: quem é este homem, cuja vida foi supostamente destruída por Stark no passado? Se falhar, ele testemunhará a destruição de seus familiares e conhecidos, um após o outro... A não ser que tire a própria vida. À mercê de um homem que parece estar sempre um passo à frente, o analista deve usar todos os seus recursos para deter o psicopata e seu desejo de vingança, antes que isso o leve ao suicídio ou à insanidade. Um romance impressionante, na tradição dos suspenses psicológicos, baseado na delicada relação entre analista e paciente.