(Review 241) - Cabeças de Ferro

em 21 de septiembre de 2018

Título original: Cabeças de ferro
Autor: Carol Sabar
Editora: Jangada (Brasil)
Páginas: 302
Gênero: Romance Juvenil / Mistério
Goodreads / Amazon / Skoob / Saraiva

Nem em seus piores pesadelos, Malu imaginava que sua vida de universitária começaria tão tumultuada! Ela acaba de ser aprovada no concorridíssimo vestibular da "Universidade dos Cabeças de Ferro", e agora, com o apoio de Nicolas - que sonha ser muito mais que seu amigo -, prepara-se para encarar o temido trote da Engenharia. O veterano designado para aplicar o trote em Malu é ninguém menos que Arthur Cantisani, o seu sexy arqui-inimigo, responsável pela humilhação que ela sofreu aos 11 anos de idade, na frente de toda a escola. Inesperadamente, porém, quando o trote começa, Arthur despeja a gosma não em Malu, mas em outra caloura, que sofre choque anafilático! Veteranos e calouros fogem, deixando Malu, Arthur e Nicolas sozinhos na "cena do crime". Mas porque a garrafa de gosma despejada na garota era a única com conteúdo de cor diferente? E porque todas as outras garrafas desapareceram sem deixar rastro? Alguém estaria tentando ocultar provas? Os estudantes da Engenharia estariam na mira de um assassino? Envolvidos até o pescoço, Malu e Arthur, apesar de se odiarem, não têm outra saída, a não ser unir seus cérebros brilhantes para desvendar o que há por trás de tanto mistério. Com a mesma linguagem espontânea e divertida que conquistou tantos leitores, Carol Sabar agora conta uma história irresistível, cheia de suspense, romance e adrenalina.

(Review 240) - Marie Antoinette, Serial Killer

em 20 de septiembre de 2018

Título original: Marie Antoinette, serial killer
Autor: Katie Alender
Editora: Scholastic Press (EUA)
Páginas: 296
Gênero: Thriller Juvenil
Goodreads / Amazon / Skoob / Saraiva
Marie Antoinette, Serial KillerAs cabeças vão rolar! Paris, França: Cidade da moda, dos croissants de chocolate e dos garotos bonitos. Colette Iselin está encantada em visitar a cidade pela primeira vez, durante suas férias de verão. Mas uma série de horríveis assassinatos passaram a ocorrer na cidade, colocando à todos em polvorosa. E enquanto visita os lugares que sempre sonhou conhecer, Colette segue vendo uma estranha criatura: uma mulher pálida, em um vestido antigo de festa, usando uma peruca branca, muito parecida à Maria Antonieta. Colette logo fica obcecada, seus amigos não acreditam nela, e ao final só encontra ajuda em um charmoso garoto francês. Juntos, eles descobrem que as vítimas assassinadas são todos descendentes das pessoas que causaram a decapitação de Maria Antonieta. O fantasma da rainha despertou e agora está levando adiante uma vingança sanguinária. E Colette pode ser um dos descendentes... o que significa que pode não sair com vida desta viagem. A aclamada autora Katie Alender nos traz desta vez uma história de suspense, traição, mistério, encanto, história e uma rainha assassina. 

(Review 239) - Minha vida (não tão) perfeita

em 17 de septiembre de 2018

Título original: My not so perfect life
Autor: Sophie Kinsella
Editora: Editora Record (Brasil) / Bantam Press (EUA)
Páginas: 406
Gênero: Chick Lit

Goodreads / Amazon / Skoob / Saraiva

Minha Vida (Não Tão) PerfeitaCat Brenner tem uma vida perfeita: mora num flat em Londres, tem um emprego glamouroso e um perfil supercool no Instagram. Ah, ok... Não é bem assim... Seu flat tem um quarto minúsculo - sem espaço nem para guarda-roupa, - seu trabalho numa agência de publicidade é burocrático e chato, e a vida que compartilha no Instagram não reflete exatamente a realidade. E seu nome verdadeiro nem é Cat, é Katie. Mas um dia seus sonhos se tornarão realidade. Bom, é nisso que ela acredita até que, de repente, sua vida (não tão) perfeita desmorona. Demeter, sua chefe bem sucedida, a demite. Tudo o que Katie sempre sonhou vai por água abaixo, e ela resolve dar um tempo na casa da família em Somerset. Em sua cidadezinha natal, ela decide ajudar o pai e a madrasta com a nova empreitada do casal: os dois planejam transformar a fazenda da família em um glamping, uma espécie de camping de luxo, e estão muito empolgados com o novo negócio, mas não sabem muito bem por onde começar. E não é justamente lá que o destino coloca Katie e sua ex-chefe cara a cara de novo? Demeter e a família vão passar as férias no glamping, e Katie tem a chance de, enfim, colocar aquela megera no seu devido lugar. Mas será que ela deve mesmo se vingar da mulher que arruinou sua vida? Ou apenas tentar recuperar seu emprego? Demeter - a executiva que tem tudo a seus pés - possui mesmo uma vida perfeita ou, quem sabe, as duas têm mais em comum do que imaginam? Porque, pensando bem, o que há de errado em ter uma vida (não tão) perfeita? 

(Review 238) - A Caçadora de Bruxos (The Witch Hunter #1)

em 14 de septiembre de 2018

Título original: The Witch Hunter
Autor: Virginia Boecker
Editora: Galera Record (Brasil) / Editorial Hydra (Argentina) / Putnam Juvenile (EUA)
Páginas: 308
Gênero: Fantasia Medieval
Saga: The Witch Hunter
A Caçadora de Bruxos (The Witch Hunter) ✔
O Regicida (The King Slayer)

Goodreads / Amazon / Skoob / Saraiva

A Caçadora de BruxosNo mesmo estilo de Guerra dos Tronos, A Caçadora de Bruxos reconstrói uma Inglaterra medieval mítica, com muita magia e muita intriga política. Na Anglia do século XVI, a prática da magia é ilegal e infratores são queimados na fogueira. Elizabeth Grey é uma das melhores caçadoras de bruxos do rei: ela localiza e captura Reformistas, rebeldes suspeitos de praticar feitiçaria para que sejam julgados e executados, conforme manda a lei. Até que, inexplicavelmente, ela é incriminada e acaba presa sob a acusação de praticar a arte que se dedicou a erradicar. A salvação, no entanto, acaba vindo na forma de seu pior inimigo: Nicholas Perevil, o mago mais poderoso e procurado de Anglia. À medida que Elizabeth se associa aos Reformistas, suas crenças sobre a legitimidade da proibição da magia são profundamente abaladas. Ela se vê em meio a uma contenda política de proporções épicas e percebe que seus antigos aliados agora são seus inimigos mortais. Será que Elizabeth está pronta para decidir de qual lado está sua lealdade, afinal de contas?