(Review 166) - Releitura: Os Lendários Heróis de Greenwood

em 15 de diciembre de 2017

Os Lendários Herois de Greenwood
Alex Godoi

Editora Scortecci

160 Páginas
 Aventura / Narrativa / Juvenil / Fantasia

Livraria Cultura /Amazon / Scortecci 
★★★
*** Para leer esta reseña en Español, haz click AQUI
Em uma terra distante chamada Greenwood, quatro jovens aventureiros são vítimas dos ataques sofridos em seus vilarejos pelo general Latril e seu maldito exército. Forjados na dor pela morte de seus familiares, com a ajuda de três amigos, o destino os unirá e, fortalecidos pela amizade buscarão o paradeiro do assassino para o acerto de contas. Em meio à aventura, abordados inesperadamente pelo bardo Fenrir, os jovens serão levados à épica missão de retornar a Fortaleza dos Guardiões (o Santuário) da tirania do imperador das trevas. Os jovens aventureiros se encontrarão no meio de sete guardiões do cálice de fogo liderados na batalha pelo druida Guillian. A jornada os levará ao desconhecido, por terras repletas de elfos, grifos, centauros, sereias, gnomos, homens-lagarto, polvos gigantes, feiticeiros, uma aventura de tirar o folêgo! Conseguirão os guardiões reaver sua fortaleza e deter o mal que ameaça a paz em Greenwood? Os jovens aventureiros terão êxito em sua busca? Será feita a justiça com o sangue inocente derramado? Nesta fantástica aventura, valores como a amizade e fidelidade, e a contraposição entre o bem e o mal, a razão e coração definirão o futuro dos reinos de Greenwood. Prepare-se para esta grande aventura! 

 Resenha:


Os Lendários Herois de Greenwood foi um livro que tive a oportunidade de ler quando todavia era um esboço, sem possuir sua versão oficial e definitiva (leia a primeira resenha AQUI). Naquele momento dei minha opinião sincera sobre a obra, apontando os seus erros e defeitos. Atendendo à variadas sugestoes de muitos leitores que também tiveram esse contato inicial com a obra, o autor fez algumas alterações à meu ver bastante necessárias. Personagens receberam caracteristicas fisicas, de maneira que ao leitor fica mais facil visualizá-los, o romance (que não me convencia) ganhou um tom bem mais pausado, mais crível e em poucas linhas alteradas consegue passar mais sentimento do que anteriormente. Além disso o inicio é mais pausado também, centrado na introdução dos personagens.

Resultado de imagen para os lendarios herois de greenwoodSe trata de uma fantasia épica sobre um grupo de guerreiros que lutam em conjunto contra forças do mal e um misterioso e poderoso inimigo que, desde tempos remotos, tem trazido destruição e ruina à vida de muitos. Deste grupo diferente de sete guerreiros, em comum pode-se dizer que todos possuem alguma marca trágica deixada pela devastação e constantes ataques que tomaram conta de Greenwood, e, pouco à pouco, adentrando-se em vales, bosques e reinos desconhecidos, estes heróis deverão juntar o poder para enfrentar e destruir de uma vez o grande mal que se levanta novamente contra Greenwood. Basicamente, o livro retrata a jornada deste grupo de amigos por terras distantes e vastas, carregadas de magia, segredos e mistérios.

A ação é constante de inicio ao fim, há inúmeras cenas de lutas e batalhas, e o ar medieval da trama ajuda o leitor a visualizar com facilidade a história narrada pelo autor. A narrativa do autor, em terceira pessoa, prende o leitor. As cenas de batalha, embora rápidas e apressadas, conseguem empolgar, em certos momentos surpreender.  No entanto, como ponto fraco continuo destacando a falta de diálogos e interações entre os personagens.

Os personagens às vezes são inseridos de uma vez, todos em um mesmo momento, tornando dificil ao leitor habituar-se com cada um e conhecê-los à fundo. Na obra temos um grupo de guerreiros e um grupo de guardiões, porém, como tudo ainda ocorre muito rápido por muitos momentos eu já nem sabia quem era quem. Falando nos dois grupos, durante os capitulos finais a história salta de um grupo à outro e esses saltos da história confundem o leitor, somos pegos de sopetão pela mudança abrupta de cenário. 
Novamente, gostei das cenas de ação, elas são necessárias e fáceis de se entender. Em contrapartida, achei que faltou profundidade nos personagens talvez justamente por conta da ação excessiva da trama. É impossivel conhecer o lado mais humano de cada um dos guerreiros, seus conflitos internos e sonhos, aquelas caracteristicas que permitem ao leitor identificar-se, enxergar-se e apegar-se a um determinado perosnagem. Senti falta de rasgos mais humanos aos guerreiros de Greenwood. Herois também podem ser frágeis, também sentem medo e dúvidas. O ser humano é cheio de facetas, dualidades e isso de maneira nenhuma é um sinal de falhas ou fracasso. É justamente esse conjunto de sentimentos que nos faz ser mais intensos, mais difíceis de se compreender e ao mesmo tempo mais intrigantes. Faltou isso aos heróis de Greewood ao meu ver, ao serem tão perfeitos, se tornaram também demasiado óbvios.

O final é intrigante, mas me pareceu muito apressado, acho que o livro merecia algumas páginas à mais, onde os eventos finais e confrontos definitivos pudessem ocorrer de maneira mais pausada, permitindo-nos refletir e sentir o que o autor nos está dizendo. 

Em definitivo, se trata de uma história com um fundo religioso muito bonito, que realmente me chamou a atenção pois poucas histórias fantásticas conseguem unir o poder da fé de maneira coerente com um mundo imaginário idealizado pelo autor. Gostei muito disso. Porém, em virtude das outras falhas já apresentadas ficou dificil apegar-me à leitura, pois faltou aquele "algo mais" em seus protagonistas. 
O autor, Alex Godoi possui uma narrativa fácil, leve, dirigida à publicos de todas as idades. Tenho certeza de que possui um futuro promissor como autor, pois possui o necessário para destacar-se. Esse é apenas o debut do escritor portanto, apesar das falhas, considero que se saiu bem em sua missão e soube levar adiante uma historia fantástica dificil de ser contada mas que definitivamente alcança méritos em diversas ocasiões, como destaquei em seus pontos positivos. 


Imagen relacionada

Alex Sandro Batista de Godoi, casado, nasceu em 1980 na cidade de Limeira, São Paulo, onde passou toda sua infância, adolescência e vive até os dias de hoje. É formado em Ciências Contábeis pelo Instituto Superior de Ciências Aplicadas de Limeira. Longe do trabalho, é músico saxofonista na banda católica Missão Unidade. Desde sempre, foi incentivado à criação de histórias, seja por influência de seus professores, amigos, ou jogos de RPG. Mas foi entre a infância e adolescência que culminou sua paixão por personagens em quadrinhos, e os heróis admirados por meninos do mundo inteiro passaram a ser companheiros em seu desenvolvimento de valores. Intrigado desde cedo por contos, filmes e músicas medievais, criava e registrava suas histórias, sem a pretensão de publicá-las. Incentivado por sua esposa, também escritora, deu prosseguimento aos seus trabalhos literários já com objetividade. Atualmente, é membro de apoio da Soll – Sociedade Literária de Limeira e participa de eventos literários em sua cidade. Para ele, as pessoas estão interligadas, cada uma com a missão de tornar a vida da outra melhor, por meio de seus dons e de suas particularidades.


Web Page Oficial: Os Lendários Herois de Greenwood



Nos leemos,

Beijokas...


Alice

35 comentarios:

  1. Oi Alice,

    Não me lembro de ter visto esse livro por ai, mas parece ser bem interessante a história. Uma pena o final ser meio corrido, tenho a impressão que os autores escrevem e escrevem e no final já estão cansados e já querem resolver tudo ali.
    Dica anotada de leitura.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  2. Oi querida!
    Eu amei a capa desse livro. Não conhecia essa obra, mas eu achei o enredo maravilhoso. Espero gostar da leitura, porque mesmo com os pontos que você ressaltou, eu gostei da história.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderEliminar
  3. Oiiii.
    Ainda não tive a experiência de ler o esboço de um livro, isso deve ser muito bom porque nos possibilita ver o desenvolvimento do autor.
    Eu admiro, de uma certa forma, autores que escrevem histórias com esse gênero. Por mais que hajam algumas falhas, eles são capazes de criar um mundo com novos costumes, destinos, passados etc. Mas, como eu disse, precisa ter bastante cuidado para construir uma história com esse gênero.
    Gostei da sua resenha, apontando tanto os pontos positivos como negativos, isso é importante.


    Beijos,
    Cupcakeland

    ResponderEliminar
  4. Muito legal você ter lido a história ainda quando era praticamente um rascunho, deve ser mais emocionante de reler agora. A história parece bem interessante e adorei sua resenha :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderEliminar
  5. Oi, Alice!
    Legal ver essa comparação com a primeira versão e essa... e melhor ainda que a história melhorou, principalmente a questão do romance.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderEliminar
  6. Olá, Alice.
    É legal de ver quando um autor ouve as críticas e em vez de brigar nas redes sociais com quem o criticou atende os pedidos dos leitores e muda para melhor. Pena que ainda ficou algumas coisas que você não apreciou. Ao meu ver os pontos negativos citados não me incomodariam, por isso eu leria ele sim.

    Prefácio

    ResponderEliminar
  7. Muito legal sua resenha, soube trazer bem suas impressões. Não curto muito esse gênero, mas gostei bastante da história, a capa é incrivel também!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderEliminar
  8. Olá!
    Eu gostei da premissa do livro, mas, sinceramente, não sei se leria. Talvez para intercalar entre uma leitura mais pesada e não cair na famosa ressaca literária ou apenas para conhecer o trabalho do autor, já que gosto de apreciar a literatura nacional contemporânea. Quem sabe mais para frente, né? Guardarei a dica.

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderEliminar
  9. Bem interessante sua resenha, gostei de ver os pontos que ressaltou mas confesso que não é o meu tipo de leitura então deixarei a dica passar, obrigada mesmo assim.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  10. Oi Alice,
    Eu não sou de ler muitas fantasias, apesar da premissa interessante.
    E que a nova versão manteve sua opinião positiva.
    E ótimo que o autor escutou seus conselhos de maneira madura. Quem sabe vem uma continuação por aí pra cobrir um pouco desse final corrido, né?

    Adorei as novidades por aqui, sucesso na nova fase.

    tenha um ótimo final de semana =D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderEliminar
  11. Olá, Alice!

    Eu amo livros com essa temática, e gostei bastante da sinopse. Apesar dos defeitos que você apontou, parece ser um livro bastante envolvente e capaz de nos prender facilmente. Mas tenho que concordar com você a respeito do número de páginas, todas as histórias que li deste gênero são bem grandinhas mesmo, acredito que as descrições nesse tipo de história é fundamental.

    Beijão
    Cantinho da Escrita

    ResponderEliminar
  12. Olá, adorei sua resenha, muito sincera por sinal. Difícil um blogueiro falar tão abertamente de um livro, principalmente quando não se trata de um livro que foi comprado. Uma pena que a obra não atingiu todas as expectativas de um bom livro, mas pelo menos melhorou em alguns aspectos. Quem sabe num.próximo o autor acerte. Beijos


    http://naturezaliteraria.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderEliminar
  13. Oi ALice, tudo bem? <3

    Eu amo o gênero de fantasia, mas sou como vc e tenho bastante receio de ler.

    Achei muito atencioso o autor fazer alterações e melhorias. Isso mostra que de fato se preocupa com o que o leitor vai achar da obra - aceitando críticas. Mas é um gênero que tenho receio pq geralmente os romances que há na história não são convincentes e o final acaba sendo corrido e isso desmotiva mesmo..
    Mesmo assim adorei a premissa do livro e fiquei curiosa *_*

    Beijos

    Sai da Minha Lente

    ResponderEliminar
  14. Olá, tudo bem? Não conhecia esta obra ainda, porém adorei conhecer. Eu não sou muito de ler fantasia, sabe? Mas este livro me deixou bastante curiosa. Adorei tua resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderEliminar
  15. É sempre bom que hajam críticas construtivas para que o autor consiga melhorar ainda mais a história que já é boa. Pelo visto, o autor ainda possui alguns pontos para ajustar, mas já evoluiu bastante. É complicado mesmo quando vários personagens são introduzidos de uma vez só, demora pro leitor assimilar quem é quem. Não costumo muito ler histórias de fantasias, mas essa parece ter um grande potencial! Sucesso pro autor!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  16. Amei sobre a trama que o livro trata e se desenvolve. Bom poder conhecer esse novo universo, apesar da escrita e a maneiro que o autor escreve ter erros. Vale a pena dar uma chanse, sempre se tira algo de qualquer leitura. Adorei a resenha.

    ResponderEliminar
  17. Oiie
    Parece ser uma leitura bem interessante, adoro livros assim de fantasia. Pena que o final foi corrido, também não gosto de finais assim, acho que se fossem mais pausados, seria bem melhor mesmo kkk Adorei a resenha.
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderEliminar
  18. Poxa, é tão chato quando acontece de você não conseguir se conectar com os personagens, né? Já aconteceu comigo, era como se eu não conseguisse sentir a história. Nesse caso, é uma pena, porque pela sinopse, o livro tinha tudo para ser muito bom! Gostei de você ter sido bastante sincera em relação ao livro!

    Um beijo, Pri :*

    Por Amor aos Livros

    ResponderEliminar
  19. Olá, moça! Tudo bem? Adorei a densidade na sua escrita sobre o livro e sua sinceridade em relação as impressões que o livro lhe causou.
    Acredito que o autor quis enfatizar mais a história que estava contando do que os personagens presentes nela e é por isso que as características deles não estavam assim tão evidentes. Será?
    Passei a ler recentemente livros de contos fantásticos, aventureiros... E desde então tenho gostado muito.
    Mas algo que a gente precisa entender tanto em relação aos livros como em relação aos filmes de ficção, é que eles são invenções de alguém e por isso, não necessariamente devem acompanhar a realidade.
    Pra mim é dispensável a questão de elementos críveis e que tenham relação com a realidade, uma vez que não se trata de um gênero dramático.
    Portanto, quando pegamos um livro desse gênero, terão elementos, diálogos, situações e fatos não condizentes com as que vivenciamos em nosso cotidiano.
    Gostei de saber que ele tem um elemento religioso e que é bem aproveitado na história.
    Não conheço o autor, mas não penso que as falhas apontadas por você, sejam falhas de fato, só penso que é um estilo de escrita e que você não gostou do estilo usado por ele.
    Enfim... Eu gostei do seu estilo de escrita e de sua forma de tecer críticas de forma tão madura.
    Sucesso!

    Eliziane Dias

    ResponderEliminar
  20. Oi
    não conhecia a história, legal que você leu a obra novamente depois das modificações e que curtiu, não sei se leria, mas a premissa dele parece ser interessante e que bom que o autor fez as mudanças que os leitores acharam necessárias.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  21. Olha, achei o enredo da história um pouco confuso, difícil trabalhar com tantos elementos em uma história só, mas só lendo mesmo para tirar minhas conclusões ;)

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  22. Pela leitura do seu post, achei que a história conta com muitos elementos diferentes, o que pode fazer a leitura meio cansativa. Gosto de fantasia, mas é um gênero que às vezes acaba pecando pelo excesso.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderEliminar
  23. Nossa! Gostei demais da sinopse. Eu não conhecia mas com certeza pretendo ler. É que bom que o autor fez as modificações. Bjs

    ResponderEliminar
  24. Oi Alice,
    Confesso que não faz muito meu estilo, não me animei a ler :(
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  25. Oi Alice, tudo bem???
    Eu até me perco em algumas fantasias, apesar de não ser um gênero que costumo ler, mas neste estilo não rola. O que me deixa feliz é que o autor levou em consideração as ressalvas da primeira remessa e resolveu seguir e fazer as alterações. Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  26. Parabéns pela resenha! Você pontou também bem os aspectos positivos e negativos que acho que vai ajudar bastante ao autor. Espero que ele leia com carinho suas críticas e saiba evoluir com elas.
    Sobre a narrativa: vejo que o autor teve forte inspiração em clássicos da fantasia, como Senhor dos anéis, para citar somente um.
    Desejo sucesso ao autor e que nas próximas história ele possa crescer ainda mais.

    Beijos

    ResponderEliminar
  27. Oi, tudo bem?
    Que legal você ter lido uma primeira versão da história e poder reler uma versão mais completa da obra. Achei uma pena que o livro ainda tenha alguns problemas, mas você fez uma crítica construtiva e tenha certeza que o autor poderá aprimorar o livro.
    A premissa não despertou minha curiosidade e, por isso, vou passar a dica. Mas desejo sucesso ao autor.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  28. Não conhecia esse livro, me parece um livro bem interessante. A falta de diálogo torna o livro um pouco cansativo, não é?
    Adoro esse tipo de história, vou colocar para minha meta de 2018.
    Como sempre, sua resenha é incrível.

    Um super beijo

    Livros em Contexto

    ResponderEliminar
  29. Oi Alice, tudo bem?
    Adorei a resenha sincera!
    O livro parece ter potencial, mas não me chamou muito a atenção em função dos defeitos na hora de desenvolver os personagens.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderEliminar
  30. Oie
    Gostei da dica, estou no momento de ler fantasia, quem sabe dou uma chance. Parece ser um bom enredo. Gostei de saber sua opinião e ressalvas.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  31. Olá!

    Ainda não conhecia este livro, mas sua resenha me deixou curiosa.
    Apesar de eu não valorizar tanto a inclusão do fundo religioso, acredito que quando ele é bem dosado pode ser útil na evolução da trama. Mesmo sabendo que o final foi um pouco corrido, ainda assim fiquei com vontade de lê-lo.

    ResponderEliminar
  32. Olá!
    Não conhecia essa história. Mas sua resenha me deixou com muita curiosidade para ler. Esse mesclar de elementos na trama parece ser bem envolvente. Uma aventura bem interessante e ainda por cima nacional.
    Dica já anotada!
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderEliminar
  33. Olá, eu não conhecia o livro, mas achei bem bacana poder ver a tua opinião sobre ele e conhecer a trama. A premissa não despertou o meu interesse, acho que é porque não é o que estou procurando ler no momento, mas parece agradar bastante o público alvo.

    ResponderEliminar
  34. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro ainda e confesso que o mesmo não chamou lá muito a minha atenção, pois não costumo ler histórias assim e alguns pontos citados por você me desanimaram um pouco mais com a leitura. Enfim, de qualquer forma eu gostei bastante da sua sinceridade na resenha.

    Beijos :*

    ResponderEliminar
  35. Olá!
    Achei a história bem interessante, mas confesso que esse fundo religioso me afasta um pouco a vontade de realizar essa leitura. Que pena que o final foi corrido!
    Beijos.

    ResponderEliminar