(Review 183) - A cidade murada

em 28 de marzo de 2018

The Walled City
Ryan Graudin

Editora Seguinte / Montena / Little Brown
Autoconclusivo
400 Páginas
 Mistério / Aventura / Suspense / Juvenil
Goodreads /Amazon/ Saraiva/ Skoob
★★★
Para leer en Español, haz click AQUI
A cidade murada é um terreno com ruas estreitas e sujas, onde vivem traficantes, assassinos e prostitutas. É também onde mora Dai, um garoto com um passado que o assombra. Para alcançar sua liberdade, ele terá dee se envolver com a principal gangue e formar uma dupla com alguém que consiga fazer entregas de drogas muito rápido. Alguém como Jin, uma garota ágil e esperta que finge ser um menino para permanecer em segurança e procurar sua irmã. Mei Yee está mais perto do que ela imagina: presa em um bordel, sonhando em fugir... até que Dai cruza seu caminho. Inspirado num lugar que existiu, este romance cheio de adrenalina acompanha três jovens unidos pelo destino numa tentativa desesperada de escapar desse labirinto. 
 Resenha:


*** Resenha originalmente publicada em 24/02/2017, no blog Resenha Atual, onde estive como colaboradora. 

A trama está ambientada na cidade murada de Hak Nam, nos arredores de Seng Ngoi, um lugar que outrora havia sido usado para usos militares, protegido pelo exército com seus muros impenetráveis. Abandonada posteriormente, Hak Nam passou a servir como reduto de criminosos, prostitutas, viciados em drogas, traficantes e gangues. Um lugar sem leis, ignorado pelo governo, infestado por mafiosos. 
Hak Nam é um lugar de becos escuros, janelas com grades, cheiro de mofo e lixo espalhado pelas ruas, desesperança e injustiça.
E é nesse cenário desolador que encontraremos os três protagonistas dessa história: Mei Yee, Jin Ling e Dai Shing.


Usando uma narrativa dura e melancólica, por vezes até mesmo triste, Ryan Graudin nos apresenta o difícil dia a dia em Hak Nam, uma cidade que na verdade não é inteiramente fictícia já que ela está baseada em um lugar real, a cidade murada de Kowoon, em Hong Kong. Na trama podemos identificar diversas referências às culturas japonesa e chinesa oque resulta interessante já que na verdade nenhuma das duas tem muito a ver com Hong Kong. Mesmo assim, quando pesquisamos e nos familiarizamos com a história da cidade de Kowoon e seus habitantes dá pra perceber que foram uma inspiração na trama de Graudin, seja através de pequenos testemunhos ou seja através do panorama geral apresentado.
A cidade de Kowoon hoje está desocupada. Seus muros foram demolidos e o que restou foi transformado em um grande parque atualmente.

Em quanto aos personagens principais, todos os três foram fascinantes. São fortes que, ao passo dos capítulos, se tornam intimos ao leitor, cativando com suas histórias duras e lutas diárias. É dificil não se sentir transportado por essa atmosfera oriental criada por Ryan Graudin. Sua narração é melancólica, impactante, em certos momentos até mesmo triste, e a ambientação é tão cheia de matizes e contrastes que, até as últimas páginas, o leitor vai se sentindo hipnotizado por essa vasta cultura oriental. 

Ryan Graudin conseguiu utilizar todos os elementos que tinha à mão sem sobrecarregar a trama. A angústia, o desespero e a dor de seus personagens é palpável, visível, mas a narrativa nunca apela para o dramalhão sem sentido. Há momentos de ação intensa, mas também há momentos de suspense, onde o leitor se mantém pegado às páginas na expectativa sobre o que acontecerá adiante. E, como em grande parte dos livros juvenis, neste também há romance. Porém, o romance ocupa um destaque bem secundário na trama, se desenvolve em ritmo pausado, de acordo aos eventos apresentados. 

A cidade murada na verdade me surpreendeu por tudo o que apresentou em suas páginas. Acho que a ambientação ainda foi o grande diferencial deste livro, e o fato de saber que essa cidade murada na verdade existiu mesmo aumenta a curiosidade do leitor e deixa a trama mais instigante.

Resultado de imagen para ryan graudinRyan Graudin tem 28 anos e nasceu em Charleston, na Carolina do Sul. Estudou no College of Charleston onde se especializou em literatura, no ano de 2009. É casada com um fotógrafo e entre suas maiores paixões está viajar. Quando não está viajando, Ryan está escrevendo, aproveitando a vida ao lado do esposo e de seu cachorrinho que se parece um lobo. É a autora de A cidade murada e também da bilogia Lobo por Lobo / Sangue por Sangue. 


Twitter: Ryan Graudin






Nos Lemos...

Beijinhos..




Alice

27 comentarios:

  1. Oi Alice,
    Não conhecia a obra e confesso que não sei se leria só pela sinopse.
    Mas pela opinião... Gostei! Talvez leia sim.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  2. Eu finalmente fiquei interessada em um livro, caramba!

    Achei muito boa a ideia e a apresentação, sem ser romântico demais ou nada do gênero. Fiquei intrigada com a narrativa e vou buscar depois ;)

    ResponderEliminar
  3. Meu deussss que gatinho mais lindo meu deuso. Amei. Quanto ao livro, não é bem um tipo de leitura que eu faça, não me atrai tanto, mas gostei de conhecer sobre ele e de saber sua opinião, obrigada pela dica.

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Oi Alice, tudo bom?
    Parece um livro bem legal, mas não tô muito na vibe desse estilo pra me interessar taaanto no momento. Que legal que a obra surpreendeu você!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderEliminar
  5. Eu nao sabia que a cidade em si era baseada em uma cidade real, que bacana! Um booktuber que adoro sempre comenta sobre esse livro, saber que tem até um tom meio melancólico me deixa curiosa pra ler.

    ResponderEliminar
  6. Gostei da resenha Alice. Livros com pitadas de realidade sempre são fortes e memoráveis. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderEliminar
  7. Oi, Alice!
    Menina, esse livro tem cara de ser daqueles que te deixa só o pó da rabiola quando termina de tão impactante.
    Estou com outro da autora pra ler, mas anotei a dica desse.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderEliminar
  8. Oi Alice, tudo bem?
    Não conhecia o livro e gostei muito da resenha, fiquei curiosíssima pela leitura e espero ter oportunidade um dia. O tema chama muito minha atenção!

    Obrigada pelo carinho. Volte sempre!
    Um super beijo :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderEliminar
  9. Olá!
    Caramba, eu não sabia que tinha existido um lugar assim, mas, sem dúvidas, saber disso me fez ter mais vontade de conhecer a história fictícia. Parece ser um livro com muitas emoções e acontecimentos. Dica anotada!
    Abraços

    ResponderEliminar
  10. Oi Alice,
    Feliz que a leitura te agradou.
    Achei legal o cenário que se passa, mas não é uma leitura que faria no momento. Mas, dica anotada!

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderEliminar
  11. Oi Alice, tudo bem? Tem uma frase na sua resenha que me chama bastante atenção, é o fato de não ser um dramalhão sem sentido, que é uma coisa que irrita muito às vezes em algumas obras, fico feliz que não seja o caso do livro e ambientação realmente é um fato que tb me chama atenção. Não conhecia a obra, mas pela resenha parece muito boa.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderEliminar
  12. Oi, Alice!

    Não conhecia o livro, mas, de verdade, estou morrendo de curiosidade para lê-lo. Parece ser uma trama forte e consistente e isso, com certeza, chama a minha atenção. O fato da cidade realmente existir deixa a gente com mais curiosidade ainda.
    É bom quando um autor consegue trazer personagens palpáveis e surpreender ao desenvolver um enredo tão forte.

    Adorei a resenha e já anoite a dica.

    Beijos.
    Magia é Sonhar

    ResponderEliminar
  13. Olá!
    Já me senti atraída pela sinopse e de acordo que foi nos mostrando o enrendo me conquistou totalmente. Parabéns pela resenha. Bjs

    ResponderEliminar
  14. Olá, Alice.
    Eu já tinha visto esse livro algumas vezes e me interessado por ele. Mas nem sei porque não li ele ainda. E até então não sabia que a cidade tinha existido de verdade. Isso aumenta meu interesse no livro.

    Prefácio

    ResponderEliminar
  15. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro ainda, mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura, e que não e um daqueles dramalhões sem sentido!

    Enfim, acho ótimo que a narrativa melancólica e dura não seja exagerada, e que existam momentos de ação e suspense diversificados!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderEliminar
  16. Oi Alice!Eu li outro livro da autora e achei muito bom, quero também conferir este. Ela é criativa e não poupa os personagens. Valeu a dica. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderEliminar
  17. Olá! Gostei muito da trama do livro, parece ser muito interessante e já me conquistou com a qualidade na narrativa que você citou na sua resenha! Com certeza irá entrar para minha lista de leituras <3 Obrigada pela dica!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderEliminar
  18. Oie
    O enredo não me atraiu muito, ainda sim achei a obra interessante.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  19. Não conhecia o livro, e realmente, este detalhe da cidade murada ter realmente existido chama a atenção do leitor.
    Bjos Rose

    ResponderEliminar
  20. Olá!
    Que história interessante. Apesar de achar que não sentiria a leitura fluida, gostei de saber mais sobre a cidade e por ter bastante sobre a cultura local.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderEliminar
  21. Queria dizer em primeiro lugar que estou apaixonada pela foto no meio da resenha! *-* Esse é um livro que me interessa faz tempo, mas eu nao sabia que havia realmente existido uma cidade murada como a que o inspirou! Adorei saber que os sentimentos das personagens são tão palpáveis.

    ResponderEliminar
  22. Eu não conhecia o livro e adorei a sua resenha sobre ele, a premisse me interessou e fiquei muito curiosa para ler também, parece um livro que me agradaria.

    ResponderEliminar
  23. Oi, Alice!
    Eu não conhecia o livro, mas não me chamou muito a atenção.
    Principalmente depois de ler sobre a narrativa que é mais melancólica e triste. Estou em um momento bem de romance e de tramas com mais humor. Então acho que esse não seria o momento certo para eu ler esse livro.
    Mas mesmo assim foi bom para conhecer.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderEliminar
  24. Um enredo curioso, seja pela dramática ou pela melancolia, ainda mais com essa mistura de ficção com realidade e pela obra no geral ter te surpreendido. Vamos anotar essa dica.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  25. Olá, esse é um livro que quero ler há tempos. A ambientação com suas bases na realidade é o que me chama mais a atenção na trama. Ótima resenha.

    ResponderEliminar
  26. Olá
    Esse livro foi muito incrivel para mim, eu o li em dois dias e o achei fascinante! Adorei sua resenha você descreveu tudo muito bem.

    Beijos
    Florescendo Livros

    ResponderEliminar
  27. Oi Alice, como está?
    Primeira vez que vejo uma proposta literária que enfoque algo assim e seja inspirada na famosa cidade murada que hoje já não existe mais! Adorei a tua resenha e com certeza eu realizaria a leitura com o maior prazer do mundo!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://www.galaxiadeideias.com/
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderEliminar