(Review 191) - Encontrando a Silvia (Silvia #2)

em 29 de abril de 2018

Encontrando a Silvia
Elisabet Benavent

Suma de Letras / DeBolsillo

2/2 de Silvia
1. Persiguiendo a Silvia
2. Encontrando a Silvia

292 Páginas
 Romance / Contemporâneo / Chick Lit
Goodreads /Amazon / Skoob / Book Depository 

E você? Seria capaz de ignorar teu próprio coração? Silvia necessita estar ao lado de Gabriel, saber que ele está bem. Mas Gabriel não crê no amor, não como Silvia. Silvia tem problemas com Álvaro quando recebe uma oferta irrecusável. Silvia busca sinais, deseja encontrar-se. Mas o lado obscuro da fama e uma personalidade autodestrutiva a colocarão à prova. 

 Resenha:


Beta Coqueta me emocionou mais uma vez!
Se Persiguiendo a Silvia já tinha me mantido colada às suas páginas, Encontrando a Silvia foi uma experiência única onde a autora certamente finaliza essa excelente dualogia com medalha de ouro.

A segunda parte se inicia exatamente do ponto em que a primeira parte terminou. 
Ao voltar ao seu trabalho, Silvia passa por maus bocados com Álvaro, que depois de descobrir sobre o casamento de Silvia e Gabriel, parece disposto a vingar-se de Silvia agindo como um verdadeiro idiota.
Irritada, Silvia decide finalmente tomar uma decisão e aceita a proposta de Gabriel para ser a sua assistente em Los Angeles.

A vida de Silvia em Los Angeles, à princípio, parece um conto de fadas daqueles bem rosinha. Porém, com o passar dos dias, Silvia se dá conta de que Gabriel esconde algo e o futuro de sua recente relação parece estar comprometido.
Quando Gabriel decide sair em turnê pelos Estados Unidos, a vida de Silvia começa a se desfazer completamente.
A fragilidade e a melancolia de Gabriel se tornam ainda mais evidentes e seus vícios retornam em potência máxima. 
Silvia terá que escolher entre salvar o homem que ama ou salvar-se à si mesma e à sua sanidade mental.



A delicadeza e a força desta novela tão magistralmente escrita por Beta Coqueta me alcançou o coração, de verdade. Encontrando a Silvia me fez rir em muitas ocasiões, me fez suspirar em outras ocasiões, e me fez chorar em alguns momentos, imersa nesta história e comovida com toda a profundidade e carga emocional que Beta lança no leitor.

A vida pode chegar a ser bastante dura e Beta Coqueta não mede palavras quando decide expor de uma vez todos os fantasmas de Gabriel, o personagem masculino mais humano e querido que pude ler este ano.
Há partes sumamente dolorosas quando a autora trata do tema das drogas, a autodestruição do ser humano e o lado obscuro da fama. 
Encontrando a Silvia apresenta ao leitor os dois lados da moeda: o que é viver no céu, com tudo o que quiser ao alcance das mãos, nos braços do homem que ama, para momentos depois nos apresentar o quão profundo as quedas podem ser.

Encontrando a Silvia é uma das histórias mais preciosas e tocantes que pude ler este ano. O realismo e a dureza com que Beta Coqueta retrata os dramas de sua novela são o ponto forte e a escrita da autora está uma vez mais perfeita, inspirada, em um ponto que consegue imergir o leitor completamente na história. Beta Coqueta nos trouxe uma novela brutal, dolorosa e impactante. O mais extraordinário ainda é que a autora usa temas tão duros e ainda assim usar de um toque de humor em muitas ocasiões, e este toque de humor, agregado à personalidade tão humana de Silvia, foi outro ponto que eu também gostei bastante. 
Outro ponto que merece menção especial é a mudança que sofre cada personagem ao longo da série. Silvia amadurece muito nesta segunda parte e se torna uma mulher mais consciente e confiante de seu valor. Até mesmo Álvaro que me pareceu um caso perdido na primeira parte, nesta continuação consegue redimir-se em muitos momentos.

Os capítulos finais foram extremamente viciantes. Uma novela que prende bastante e que se lê rapidamente.

Definitivamente, Encontrando a Silvia nos fala de amor, do mais puro e simples que esse sentimento tão mágico pode chegar a ser, nos fala de um amor que, às vezes, pode parecer irracional, mas que sempre está pronto para perdoar e crer outra vez. 
Uma história romântica que me fez rir, chorar e me fez sentir os mais variados sentimentos. Com certeza uma das melhores obras escritas por Beta Coqueta até aqui.



Elisabet Benavent (Gandía, 1984) é Licenciada em Comunicação Audiovisual e completou seus estudos com uma Pós-Graduação em Comunicação e Arte em Madrid, cidade em que reside atualmente. 

Atualmente trabalha no departamento de comunicação de uma multinacional e dedica seu tempo livre aos seus projetos pessoais. Comunicadora Audiovisual, amante da arte e fanática da moda que passa suas horas vagas escrevendo novelas, como En los zapatos de Valeria.


Web Page Oficial: http://betacoqueta.com/upps/

Twitter: Beta Coqueta




Nos Lemos, 

Alice

5 comentarios:

  1. Oi, Alice!
    Não li a resenha do primeiro livro, então boiei um pouco nessa. Mas pelos seus comentários, essa parece ser uma história bem envolvente.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderEliminar
  2. Oi, Alice!
    Eu não conhecia a autora nem o livro mas já quero! Eu adoro ler romances com pessoas reais, que sabem que erram mas pretendo encontrar um aprendizado nisso. Adoraria que tivesse lançado aqui no Brasil!
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderEliminar
  3. HAAAAAAA como assim é com pessoas reais? eu ja quero esse livro

    https://dosedeestrela.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Oi Alice,

    Tanto livro quando autora eram desconhecidos para mim, mas gosto de livros que traz uma história com carga emocional bem variada, além de explorar assuntos reais de forma pura, sem mascarar muito. Normalmente esse tipo de leitura me deixa um pouco abalada, mas saber que a autora também consegue fazer abordagem com humor ajuda a aliviar um pouco o clima, né!
    Adorei a indicação. Resenha maravilhosa!

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Oi, Tudo bem? amei sua visita e vim conhecer seu blog. Estou adorando a viagem por aqui.Parabéns pela resenha!!!

    ResponderEliminar