(Review 214) - Warcross (Warcross, #1)

em 7 de julio de 2018

Título original: Warcross
Autor: Marie Lu
Editora: Fantástica Rocco (Brasil) / V&R Editoras (Argentina) / G. P. Putnam´s Sons (EUA)
Páginas: 320
Saga: Warcross
Warcross
Wildcard

Goodreads / Amazon / Skoob / Saraiva

Autora das bem sucedidas trilogias Legend e Jovens de Elite e nome forte da literatura jovem internacional, Marie Lu mergulha no mundo da tecnologia em Warcross. Neste eletrizante thriller de ficção científica, Emika é uma hacker de 18 anos com uma vida financeira difícil. Num golpe de sorte do destino, ela se torna milion´ria ao ser contratada peo criador do Warcross, um jogo de realidade virtual que virou febre em todo o mundo, para evitar um ataque em massa que estaria sendo planejado contra a plataforma - e seus milhões de usuários - durante a cerimônia de encerramento de um grande campeonato. Mas a garota logo conhece o lado sombrio do sucesso, à medida que a final se aproxima e pistas ameaçadoras começam a surgir. De onde partirá o ataque ao maior fenômeno da tecnologia mundial? Imersa no universo de Warcross, Emika descobre que escolher em quem pode confiar pode ser o jogo mais arriscado de todos.

Resenha: 


De Marie Lu creio que li praticamente todos os seus livros publicados (exceção para A estrela da meia noite que ainda não comecei mas está entre os pendentes) e, até aqui, nenhum me decepcionou. Alguns eu gostei um pouco mais, outros um pouco menos, mas fato é que Marie Lu aos poucos já se torna aquele autor "indispensável" pra mim, aquela escritora que sei que de uma maneira ou outra consegue sempre me prender em suas histórias.

Warcross apresenta uma proposta bem diferente dos livros anteriores de Marie Lu. Se a trilogia Jovens de Elite vinha apresentando uma fantasia obscura e medieval e Legend um mundo dominado por uma ditadura em tempos de guerra, em Warcross conheceremos um universo futurista, onde a realidade se mescla com um mundo virtual em que avatares adquirem popularidade mundial, e "estar conectado" é mais do que um luxo, se tornou um modo de vida, uma necessidade vital. 
O mundo de Warcross, desenhado pelo jovem gênio Hideo Tanaka, é o mais popular de todos os mundos virtuais. Todos os anos há torneios, onde equipes de jogadores conhecidos disputam entre si, diante dos olhos de milhões de usuários. É um universo milionário, onde dinheiro se move através de apostas, às vezes de maneira ilegal. 
Emika Chen é uma hacker de Nova York, que ganha a vida como caçadora de recompensas daqueles apostadores que devem dinheiro ou aqueles que tentaram fraudar algo em Warcross. Sua situação financeira está à beira do colapso, e quando ela ingressa ilegalmente na cerimônia inaugural de mais um campeonato de Warcross, ela tem certeza absoluta de que passará de caçadora à caça. Porém, sua habilidade chama a atenção do próprio Hideo, que vê em Emika alguém com o potencial para caçar Zero, um astuto hacker que tem se infiltrado na rede de Warcross e tenta, de todas as maneiras, sabotar Hideo.
Emika então é enviada à Tokio e inserida no campeonato como uma jogadora à mais. No entanto, ela atua como espiã de Hideo e sua missão é descobrir quem são os cúmplices de Zero e o que eles planejam.

Eu gostei da forma como a autora vai manejando a trama, Marie Lu é, sem dúvidas, muito inteligente, e ela consegue imergir o leitor nessa atmosfera cheia de pixels e códigos de Warcross. De uma maneira bem envolvente, o leitor vai aos poucos se acostumando à essa realidade, e mesmo eu, que não sou exatamente um às do mundo digital, consegui entender bem os conceitos gerais da história. Ainda assim, o começo do livro foi um pouco confuso e maçante. A autora precisa contar-nos a história de Emika, sua realidade e dramas, então, até tudo acontecer realmente o leitor pode se sentir um pouco frustrado pela falta de novidades. Mesmo depois que Emika é levada à Tókio, há tantos conceitos há serem explicados pela autora que, o ponto alto que é a conspiração secreta e toda a atmosfera ilegal que sobrevive alheia ao Warcross, acabam ficando para depois da metade do livro, o que me fez demorar em conectar com a história e seus personagens. 

Além disso, senti que faltava algo à trama. Os personagens são bons (os secundários me encantaram), a ambientação é interessante, mas mesmo assim senti que faltava aquela faísca que faz o leitor se sentir verdadeiramente fascinado por uma história. Tem algo em Warcross que deixou a trama robótica demais, fria inclusive. Achei que, apesar de tudo, os protagonistas carecem em emoção e sentimentos. Emika é fácil de se gostar, esperta e atrevida, mas ainda assim, senti falta de uma certa fragilidade típica do ser humano, achei sua personalidade quase que mecânica, e por isso acabei não conseguindo me apegar à ela.
Hideo então parecia um ciborgue atuando. É um personagem que não desperta nem amor e nem ódio, e essa indiferença faz o personagem tornar-se morno e dispensável. 
A relação entre eles, ao meu ver, foi desnecessária. Sei lá, até aqui não convence, talvez porque ambos sejam tão frios fica dificil visualizar um sentimento como o amor nascer entre eles.

No entanto, quanto ao mistério em si, Marie Lu consegue conduzir tudo com maestria. Essa autora na verdade é mestre em criar universos fascinantes e conflitos de tirar o fôlego. À partir da metade há muita ação e reviravoltas que nem imaginava e me surpreenderam grandemente. 
Eu nunca tinha lido nada que se ambientasse num mundo movido pela influência digital, pela realidade virtual e foi uma boa surpresa, é bem possivel visualizar uma realidade como essa em poucos anos, com toda a evolução pela qual o mundo está passando à cada ano. 
Os torneios de Warcross são geniais! Me peguei realmente torcendo pelas equipes, sofrendo junto com os jogadores, e quando havia algum perigo me sentia tão ansiosa ou frustrada como qualquer um daqueles personagens, com medo do que aconteceria à continuação. Nesse sentido, a trama prende de verdade. 

Eu adoro a maneira como Marie Lu escreve. De todos os livros dela que li, considero Warcross aquele com a ambientação mais original, apesar deste par de protagonistas que ainda não me convence. É uma ficção cientifica com uma premissa bem trabalhada e um final muito bem elaborado, que deixa o leitor super curioso para ler a segunda parte. Aliás, essa autora sempre traz uns finais bombásticos, que me deixam com o coração super apertado. 

Enfim, eu recomendo Warcross, mas não para todo o tipo de leitor. Ao meu ver, esse é um livro perfeito para quem já é habituado com ficção cientifica ou distopia, no mínimo. Para os amantes do romance por exemplo, pode ser o tipo de história onde sentirão falta de uma maior profundidade de sentimentos, portanto, para quem deseja conhecer esse universo futurista de Marie Lu, aconselho à estar preparado para uma história com pouco romance, mas muitos detalhes interessantes em quanto à conflitos e surpresas. 

29386918

Resultado de imagen para marie luMarie Lu nasceu na China e mudou-se ainda criança com a família para os Estados Unidos. Formou-se na Universidade do Sul da Califórnia e começou a trabalhar como programadora na indústria de videogames. Hoje é escritora em tempo integral. Nas horas vagas, ou quando não está presa em engarrafamentos, ela gosta de ler, desenhar e jogar Assassin’s Creed. Ela mora em Los Angeles, na Califórnia (por isso os engarrafamentos), com o namorado, um Chihuahua sem pedigree e dois cachorrinhos da raça Welsh Corgi Pembroke.


Twitter: Marie Lu





Nos lemos, 

Alice

19 comentarios:

  1. Oi
    ainda não li nada da autora, mas já li várias resenhas de seus livros. Estou lendo bastante resenhas positivas desse livro que estou curiosa, que bom que gostou e parece ser uma leitura bem envolvente.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. OOi!
    Nunca li nada da autora, porém sempre tive muita vontade de ler seus livros. Esse eu não conhecia, mas sua resenha o adicionou a minha lista. Ameeei a premissa dela, espero ter a oportunidade de lê-lo.

    ResponderEliminar
  3. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro ainda, mas ainda bem que gostaste e trouxeste opinião tao positiva!

    Enfim, adoro saber que a escrita da autora e assim tao boa, e que a ambientação neste livro e a mais original!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderEliminar
  4. Oi Alice,
    Quero ler em breve esse livro!
    Já conheço a autora e meu contato com ela foi bem positivo, espero continuar dessa forma, rs.
    E além disso, a Priih do Infinitas Vidas elogiou tanto que fiquei curiosa com o enredo.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Oie
    Vi muitas resenhas positivas sobre este livro e fico curiosa. Adoro os livros da autora e tenho vontade de ler este, mas tenho um certo receio pelo enredo. Mas quero dar uma chance.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Oi Alice,

    Warcross já esta na minha lista de leitura e espero ler em breve.
    A trama parece ser ótima, gosto dos conflitos que a autora coloca nos livros dela.
    Que bom que gostou.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderEliminar
  7. Oi Alice! Em distopias ou mesmo ficção cientifica eu não faço questão de romance, mas de um cenário bem montado que nos ambiente bem. Pelo visto a autora cumpre isso nesta obra e não vejo a hora de conferir. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderEliminar
  8. Oi, tudo bem?
    Não conhecia a autora, mas depois de ver seus comentários positivos sobre e ela e a escrita, confesso que vou coloca-la em minha lista de compras.
    Gostei da premissa do livro, e espero conhecer em breve a autora que "se tornou indispensável" para você.

    Parabéns pelo blog, e pela resenha!

    ResponderEliminar
  9. Oi Alice, eu nunca li livros de ficção científica ou com uma pegada mais futurista e, realmente, "ficar boiando" nos termos mais específicos era o que mais me preocupava em relação à narrativa do livro, mas fico mais tranquila em saber que não é tão complicado assim. Além disso, gosto de saber, de antemão, que a introdução pode ser um pouco lenta. Achei interessante a premissa do livro, abordar assuntos que dizem respeito ao universo digital é super moderno e está em alta, é a nossa realidade do momento, mesmo que os livros possam ser um pouco mais criativos ou estar alguns anos à frente.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  10. Oi Alice!
    Eu adoro os livros da Marie Lu e acho que ela tem uma escrita maravilhosa e superior a grande parte das autoras bestseller que conhecemos. No entanto não tenho tanta curiosidade sobre esta série em particular porque não me identifico muito com universos futuristas. A Denise, por outro lado, provavelmente vai amar o livro.

    Att.,
    Eduarda Henker
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderEliminar
  11. Oi, Alice.

    Não conhecia a autora e fiquei bem curiosa para conhecer esse universo criado no livro.
    Bom saber que a autora é tão excelente na criação de universos.

    Tenha uma ótima noite!

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderEliminar
  12. Olá! Não conhecia o livro mas lendo sua resenha fiquei bem interessada no começo, parece ser um enredo bem rico.. Porém fiquei com um pé atrás com os pontos que você citou sobre os personagens então não sei se leria o livro.. Mas amei a resenha e achei a dica bem interessante!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderEliminar
  13. Ainda não li nada da autora,mas gostei de conhecer sua opinião sobre ela..
    Adorei as fotos que você trouxe,são lindas!!
    Esse livro nunca me despertou interesse,então passo a dica..
    Beijos!

    ResponderEliminar
  14. Olá, tudo bem? Eu gostei bastante de conhecer um dos livros dessa autora, apesar de já ter lido algumas entrevistas com ela nunca procurei ler nenhuma resenha dos seus livros, achei tudo muito interessante ma, não estou na vibe dos livros dela por enquanto. Gostei de como expôs a sua opinião na resenha, escrevendo os pontos negativos e positivos da história.


    Beijos e Abraços VIVI
    Resenhas da Viviane

    ResponderEliminar
  15. Oi, tudo bem? Ainda não li nada da Mary Lu e nem sei por onde começar. Este me fez ter curiosidade por causa do ambiente tecnológico. Não estou familiarizada com esse ambiente, mas gostaria de ler algo assim. Uma pena que ele parece ter deixado a desejar, mas gostaria de ler mesmo assim. Não sabia deste livro, mas achei legal.

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderEliminar
  16. Ainda não conheço a escrita da Marie Lu, mas infelizmente esse não é um livro com muitos atrativos para mim e depois não curto muito histórias que não conecta e mesmo que a ambientação pareça ser magnifica eu não me convence com personagens apáticos. Então vou passar a dica.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  17. Eu tbm li warcross e adorei tipo muitoo e concordo ele é bom pra quem gosta de scifi.

    ResponderEliminar
  18. Acho que nunca li nada de Marie Lu e fiquei bastante interessada em Warcross, me parece uma proposta diferenciada, tenho visto bastante divulgação da obra. Quando você diz 'manates de romance' você se refere a romance romântico, não é?

    ResponderEliminar
  19. Já li um livro da Marie Lu e estou louca para continuar, sinto que a pegada dessa autora é destruir nossos corações com as reviravoltas causadas nos livros, talvez os personagens tenham ficado meio frios para o romance devido a isso hahahaha Bem, estou louca para ler mais livros dela, porque certamente ela me convenceu que os mundos que ela cria são incríveis, apesar de não serem perfeitos.

    Beijos da Yana,
    Marshmallow Com Café

    ResponderEliminar