12 de julio de 2018

(Review 215) - O Beijo do Vencedor (The Winner´s Trilogy, #3)

Título original: The winner´s kiss
Autor: Marie Rutkoski
Editora: Plataforma 21 (Brasil) / Plataforma Neo (Argentina) / Dutton (EUA)
Páginas: 468
Saga: Trilogia do Vencedor (The winner`s trilogy)
A maldição do vencedor (The winner`s curse)
O crime do vencedor (The winner`s crime)
O beijo do vencedor (The winner`s kiss)

Goodreads / Amazon / Skoob / Saraiva
O beijo do vencedorA guerra começou. Arin está à frente dela com novos aliados e o império como inimigo. Embora tenha convencido a si mesmo de que não ama mais Kestrel, Arin ainda não a esqueceu. Mas também não consegue esquecer como ela se tornou o tipo de pessoa que ele despreza. A princesa se importava mais com o império do que com a vida de pessoas inocentes - e, sem dúvida, menos ainda com ele. Pelo menos é o que Arin pensa. Enquanto isso, no gélido norte, Kestrel é prisioneira em um campo de trabalhos forçados. Ela deseja desesperadamente escapar. Deseja que Arin saiba o que sacrificou por ele. E deseja fazer com que o império pague pelo que fizeram a ela. Mas ninguém consegue o que quer apenas desejando. Conforme a guerra se intensifica, Kestrel e Arin descobrem que o mundo já não é mais o mesmo. O oriente está contra o ocidente, e os dois se encontram no meio de tudo isso. Com tanto a perder, é possível alguém realmente ser o vencedor? Numa narrativa tão empolgante quanto sensível, a difícil paixão entre Kestrel e Arin alcança um novo patamar. O Beijo do Vencedor é o grande final da trilogia do Vencedor.   
Resenha: 


*** Resenha anteriormente postada no blog Resenha Atual, onde estive como colaboradora.

*** Esta resenha não contém spoilers

Parte final da trilogia do Vencedor, uma das distopias mais estratégicas que li ultimamente, confesso que tinha certo receio em terminar essa saga. Marie Rutkoski nos entregou duas anteriores partes tão cheias de estratégias e conflitos que se conectam e intercalam que, na minha cabeça, achava muito difícil que a autora realmente conseguisse encerrar de forma satisfatória todos os cabos soltos. No entanto, desde já adianto, que essa terceira parte não apenas encerra com maestria uma saga que, desde o princípio já pintou inovadora e original, como também conseguiu fazer desta terceira parte o melhor livro da trilogia!

O Beijo do Vencedor não apenas nos apresenta as respostas para os diversos conflitos e as constantes reviravoltas criadas ao longo dos livros anteriores, como também garante cenas de tensão, ação e conspirações diversas. O ritmo não decaiu em nenhum momento e a trama continua a se desenvolver no ritmo de um jogo de xadrez, com diversos segredos que se conectam ao fim, não permitindo que o leitor em nenhum momento possa sequer supor o desenlace da história.


The Winner’s Kiss ~ Marie Rutkoski
Kestrel conseguiu ser uma das minhas protagonistas femininas favoritas. O que me encanta no personagem é não apenas a sua inteligência, perspicácia e valentia, mas também a avalanche de sentimentos que carrega dentro de si. Kestrel é um personagem que pode errar, fraquejar e julgar mal, porém ela jamais desiste de seus ideais por medo ou receio. Além disso, a humildade com que admite seus erros e tropeços a tornam mais humana e mais fácil de conectar com o leitor, que consegue enxergar em Kestrel uma humanidade latente.

Arin foi o grande protagonista dessa terceira parte. O personagem ficou bastante apagado na primeira parte, garantiu alguma importancia na segunda parte, mas, é nesse desfecho épico que Arin realmente parece tomar as rédeas da situação e mostrar-se por completo. Íntegro, leal e estrategista, Arin provou e conheceu os limites e os riscos, aprendeu de seus erros e fracassos e soube celebrar suas vitórias. Desnecessário dizer que me conquistou e totalmente me convenceu como protagonista masculino.

Há personagens secundários que, pouco à pouco, tornam-se de suma importancia à trama. Roshar, o misterioso príncipe oriental, garante momentos mais leves e também algo de suspense à trama. O pai de Kestrel, o general Trajan, se torna a grande incógnita da história, e durante todo o momento ficamos expectantes para descobrir os pensamentos verdadeiros do poderoso general. Infelizmente, alguns personagens interessantes acabaram sendo desaproveitados, como foi o caso do príncipe Verex, que poderia ter tido maior destaque e acabou sendo ignorado.

A trama, como já disse, é simplesmente alucinante, com um ritmo constante que prende o leitor, e nos impede de formar teorias ou conclusões precipitadas já que cada giro praticamente desmonta qualquer certeza que poderíamos ter formado à princípio. 
Certamente, a trilogia do Vencedor ficará na minha memória não apenas como uma trilogia extremamente empolgante e carregada de personagens fascinantes, mas também como uma das histórias mais bem elaboradas e inteligentes que pude ler e desfrutar.
Se você ainda não leu essa maravilhosa história, desde já quero animar-te à dar uma oportunidade à Kestrel, Arin e seus aliados e inimigos em uma história que parece tragar-nos para um novo mundo, aonde fazer a jogada certa pode significar tudo.

Resultado de imagen para marie rutkoskiMarie cresceu Bolingbrook, Illinois (um subúrbio de Chicago), sendo a mais velha de quatro filhos. Possui bacharelado pela University of Iowa e doutorado pela Harvard University. Atualmente vive em Nova York, é professora no Brooklyn College e mora com o marido e dois filhos.

Web Page Oficial: http://marierutkoski.com/

Twitter: Marie Rutkoski








Nos Lemos...




Alice

16 comentarios:

  1. Olá Alice,

    Acho que essa é a primeira resenha que leio desse livro, achei interessante e vou colocar na minha listinha....bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Oi Alice,
    Que saudade da Kestrel! Preciso voltar a ler essa trilogia logo, sou apaixonada por ela, mas não leio porque não acho as continuações para comprar e quando acho o preço está um pouco alto...
    Mas quero muito muito concluir a leitura.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Sou suspeita para falar dessa trilogia que me ganhou totalmente.
    Amei demais. Kestrel foi uma personagem fantástica com defeitos e qualidades que são palpáveis.

    Deu nostalgia agora.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderEliminar
  4. Oi Alice!
    Essa saga tem capas tão lindas que só por isso eu já me sentiria atraída em adquira-la. Mas depois de ver tantas resenhas positivas a seu respeito eu percebi que não é a única coisa que me chama a atenção nela. Amei demais sua resenha e fico feliz em sabe que você se sentiu satisfeita com o encerramento.
    Abraços

    ResponderEliminar
  5. Que legal, nunca tinha ouvido falar dessa saga, mas gostei muito do que você disse. as capas são lindas e a história também parece ser maravilhosa e super envolvente, já quero!

    ResponderEliminar
  6. Sempre escuto maravilhas sobre esses livros mas tenho que confessar que não é uma leitura que neste momento que eu passo me atraia, não é um gênero que esteja me chamando a atenção, mas gostei muito de conferir sua opinião. Quem sabe na próxima.

    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Oi, Alice!
    Ain, morro de vontade de ler os livros dessa série e adorei a sua resenha, fiquei ainda mais interessada. Eu adoro as capas, todas são muito lindas e cada volume parece ser melhor do que o outro.

    ResponderEliminar
  8. Oi Alice, como vai? Estou acompanhando as suas resenhas dessa saga, confesso que na primeira resenha não estava muito interessada na leitura dos livro mas, agora eles estão chamando a minha atenção, principalmente depois dessa resenha! Li várias resenhas anteriores a sua dizendo que o último livro é o pior e agora estou com essa dúvida:"os livros são bons ou ruins?" terei que ler para descobrir.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderEliminar
  9. Essa é uma trilogia que quero muito ler! Fiquei super feliz ao ver sua opinião e saber que a trilogia foi encerrada muito bem, isso dá bastante ânimo para iniciar a leitura. Adorei saber que é uma história bem elaborada e inteligente. Já tenho os livros, espero arrumar tempo pra ler logo!

    ResponderEliminar
  10. Essa trilogia está na minha lista de desejados já faz um tempo, mas sempre vou adiando... Acho as capas tão lindas <3 Já andei lendo algumas resenhas sobre a trama, mas nenhuma que despertasse o meu interesse de ler TÃO já... a sua já conseguiu fazer isso *_*

    Sai da Minha Lente

    ResponderEliminar
  11. Olá, Alice.
    Eu comprei o box dessa trilogia na BF do ano passado e ainda não consegui ler. Mas já decidi, depois de tantos elogios eu vou ter que encaixar a leitura ainda esse mês. E como já está na estante desde o ano passado ainda desencalho para minha meta hehe.

    Prefácio

    ResponderEliminar
  12. Que bom que o enredo não decaiu e a trama continua alucinante, adoro livros assim e nem preciso dizer que segredos é comigo mesma. Saber que a trilogia é cheia de personagens fascinantes é animador, ou seja é recomendação anotada, impossível não se contagiar com sua empolgação com o livro.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. Olá,
    Adoro formar teorias nos livros hahahaha. Meu problema maior é que geralmente viajo de mais e aí nunca é do jeito que imaginei, este tipo de distopia não fazem muito meu estilo, mas gosto dessa capa.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderEliminar
  14. Nunca havia lido sobre esse livro, achei a trama encantadora! Com toda certeza irei procurar e ler ! Beijos!

    ResponderEliminar
  15. Olá, sempre vejo tantos comentários positivos sobre esses livros da Seleção que dá até uma vontade de ler e saber o porque de ser tão amado haha.. Confesso que nunca tive o interesse de ler esses livros pelas capas mesmo (ai que horror) Mas lendo sua resenha dá pra perceber que são enredos tão bem trabalhados que me sinto com necessidade de ler logo hahah Amei a dica e a resenha!

    Beijos,

    ResponderEliminar
  16. Oi, tudo bem?
    Eu gostei muito dessa trilogia, mas confesso que tive problemas com esse terceiro livro. Eu caí na besteira de ler em inglês, ao invés de esperar ele ser lançado em português. Como livros de fantasia são mais difíceis de ler em inglês, a leitura acabou se tornando lenta para mim. Mas o enredo tem mesmo muita ação e acho que se eu tivesse lido em português, este teria sido o meu favorito da trilogia também.
    Mas eu tenho o box com os três livro em português e pretendo reler todos em breve. Acho que vou aproveitar muito mais a leitura.
    De qualquer forma, adorei a resenha e fico feliz que você tenha gostado tanto do livro.
    Beijos!

    ResponderEliminar