(Review 225) - Enfeitiçadas (As Crônicas das Irmãs Bruxas #1)

em 11 de agosto de 2018

Título original: Born Wicked
Autor: Jessica Spotswood
Editora: Arqueiro (Brasil) / Montena (Argentina) / Putnam Juvenile (EUA)
Páginas: 272
Gênero: Romance Histórico / Fantasia
Saga: As Crônicas das Irmãs Bruxas (The Cahill Witch Chronicles)
Enfeitiçadas (Born Wicked) ✔
Amaldiçoadas (Star Cursed)
Predestinadas (Sister`s Fate)

Goodreads / Amazon / Skoob / Saraiva
EnfeitiçadasAntes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará à idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar os rumos da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror. Quando Cate descobre esta profecia no diário da mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual será a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos caçadores de bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido? Prepare-se para se encantar com os jovens pretendentes de Cate, abominar o ódio e a repulsa que os Irmãos dedicam a meninas e mulheres, e aguardar ansiosamente pela sequência de As Crônicas das Irmãs Bruxas. 
Resenha: 


Enfeitiçadas era aquele livro que tinha há muito tempo na estante e por uma razão desconhecida estava sendo atrasando a leitura. Uma hora não me chamava a atenção, no momento seguinte era outra novidade que superava a minha curiosidade, em outros momentos simplesmente algo me fazia deixá-lo de lado, até que finalmente, firme no meu propósito de zerar os pendentes da estante, decidi começar Enfeitiçadas, meio que sem expectativas, só esperando pra ver no que ia dar. E devo dizer que foi uma surpresa maravilhosa, daquelas onde a gente se pergunta porque demorou tanto pra ler aquele livro.

Enfeitiçadas não é completamente um livro de fantasia. Sim, há um elemento bem fantástico já que as três protagonistas são bruxas poderosas, mas, o que mais se destaca nesta trama é certamente seu impecável contexto histórico. Os anos que antecedem a entrada do século XX, finais do século XIX, quando a cruel caça às bruxas condenadas à morrer na fogueira estava superada, mas ao mesmo tempo ainda pairava no ar um misticismo grande ligados aos fatos passados e a figura dos perseguidores da antiga Inquisição ainda era uma realidade.

Esse foi o debut de Jessica Spotswood na literatura e acho que ela arrasou. Os costumes da época estão muito bem retratados (ouso dizer que o trabalho de pesquisa histórica da autora parece ter sido tão profundo que superou muitos dos romances históricos que já li). Eu me envolvi completamente com o universo daqueles personagens, onde fica nítida a intolerância da época, desde a perseguição às bruxas (cuja maioria nada mais era do que mulheres comuns que ousavam tentar ser mais livres e viver de maneira mais liberal) até a maneira absurda e machista com que a sociedade da época reagia à praticamente tudo. Mulher não tinha voz ativa para nada, e aquelas que não se casavam eram obrigadas à se unir aos conventos e se tornar assim "uma irmã de virtudes", as exceções eram para profissões essencialmente femininas como governanta ou costureira e mesmo assim, costureiras ou cozinheiras poderiam ser bem mal vistas na sociedade.

Catherine é uma jovem de dezessete anos, que perdeu sua mãe aos treze. Desde então Cate assumiu a responsabilidade de cuidar de suas duas irmãs, Maura e Tess. As três irmãs compartilham um segredo: elas são bruxas, como era também a sua mãe. E por causa disso, Cate decidiu isolar as irmãs da sociedade, mantê-las ocultas dos olhos dos terríveis irmãos da Fraternidade, homens que se achavam no direito de punir àquelas que não se submetiam às suas estritas normas religiosas e de conduta. 
Enquanto Cate luta pra ocultar o segredo da família, ela descobre uma antiga profecia que envolve as três irmãs e essa descoberta às coloca em grande evidência. Agora Cate deverá escolher entre seguir oculta e arriscar-se à se tornar um alvo justamente por conta de sua excessiva reclusão, ou abrir-se de uma vez à sociedade, fingindo ser alguém que não é e aceitando os flertes de pretendentes que ela não sabe se poderá realmente aceitar como marido. Cate está firme no propósito de proteger suas irmãs, zelando por elas acima de qualquer coisa, até que se apaixona. E esse novo amor vai colocar na berlinda tudo o que Cate quis preservar, porque ela descobre que vale a pena correr riscos e que talvez, apesar de seu fardo, ela ainda pode voltar a sonhar ou ser livre. 

No começo não gostava muito de Cate. Achava ela precavida demais, uma chata de galocha medrosa. Porém desde os primeiros capítulos já dava pra deduzir que seria um personagem que passaria por uma grande evolução e foi o que aconteceu. Se comparamos a Cate dos primeiros capítulos com a Cate do final parece que estamos diante de uma outra mulher completamente diferente e isso é louvável. Ver uma protagonista evoluir, mudar e aos poucos se arriscar dessa maneira foi maravilhoso pra mim, como leitora. Foi uma mudança que ocorreu de maneira pausada, e por causa disso, se torna crível, fácil para o leitor aceitar. Ao final, a gente se apega em Cate pois ela se revela valente, destemida e leal. 
As outras duas irmãs também são personagens ricos, apaixonantes à sua maneira. Maura é um furacão, cheia de energia vibrante, astuta e ousada. Tess é pura, dócil e meiga. E ambas evoluem, surpreendem, despertam no leitor sentimentos de carinho e também de enfado, como ocorre com personagens que passamos a amar sem nem perceber.
O rol de secundários também é impressionante. Bem trabalhados e carismáticos, todos os personagens secundários são importantes, acrescentam uma dose extra de brilho à trama e conseguem marcar a diferença, deixando sua marca. 

A escrita de Spotswood é gloriosa. É como um abraço que envolve o leitor e você não quer largar quando chega ao final. É um livro daqueles que vai ganhando ritmo lentamente, demora pra chegar no seu ponto forte, mas quando alcança esse clímax, é impossível largar, cada página se torna uma grande aventura, e passamos a sofrer e sentir com aqueles personagens, somos arrastados para aquele universo com seus usos e costumes marcantes. 

Enfeitiçadas é uma novela histórica extremamente bem elaborada, com uma ambientação praticamente perfeita, que apresenta ao leitor uma sociedade puritana e machista, cheia de lendas e misticismo, que transborda realismo, pois sabemos que assim foi a vida das pessoas daquela época. Esse forte realismo, aliado à parte fantástica que remonta às antigas lendas das bruxas, me fez lembrar bastante do clássico de As Bruxas de Salem. Portanto, se novelas históricas com esse toque sobrenatural sofredor são o teu estilo, aproveite que a trilogia já está completa e se jogue sem dó. Eu me arrisquei e me surpreendi, já terminei o segundo livro e posso dizer que está sendo uma experiência mágica e inesquecível, como raras vezes experimentei na minha vida leitora.

Continua em:


Jessica Spotswood cresceu em uma cidade pequena na Pensilvânia, onde gostava de nadar, tocar clarinete, e memorizando falas peças da escola, ou com mais freqüência com o nariz nos livros. Escreve desde que pequena, mas estudou teatro na faculdade e pós-graduação. Agora vive em Washington, DC, com o marido e um gato fofo chamado Monkey.
Web Page Oficial: http://jessicaspotswood.com/





Até a próxima, 


Ivy

18 comentarios:

  1. Oi, Ivy
    Sou que nem você. Sempre quis ler o livro mas não me obrigada a realmente ler, mas vi tantas resenhas boas e a sua é uma delas que me dá vontade de começar agora. Eu gosto de histórias de bruxas, elas me fascinam e acho que sinto falta de enredos com esse tema, mas também vi resenhas falando que a Cate era realmente chatinha, um dos motivos de nunca ter começado a ler, mas vou tentar em breve.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderEliminar
  2. Oi, Ivy!
    Eu sou apaixonada nessa trilogia. Ainda bem que você deu uma nota alta, porque não são todos que gostam hahaha Ao longo da série, fiquei com muita, muita, muita raiva de uma personagem, mas é isso que faz a leitura ser boa, né? Quando sentimentos mexem com a gente!

    ResponderEliminar
  3. Oi, Ivy!
    Menina, tem uma amiga minha que amou e que vive me indicando. Pelas resenhas que já li dessa série, ela é bem boa, mas não teve o devido reconhecimento.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderEliminar
  4. Oi Ivy!
    Já vi algumas resenhas positivas como a sua sobre esse livro, mas nunca me interessei de fato, n sou muito de ler livros com bruxas e tal... Mas quem sabe um dia né?
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Oi Ivy,
    Eu amo demais essas capas, mas não sou uma fã de bruxas... Li muita coisa assim na minha adolescência e fiquei um pouco saturada, agora como se passaram alguns anos comigo fugindo da temática, até arriscaria voltar a ler.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  6. Oi
    eu já tive muita vontade de ler, mas acabei esquecendo por conta de outros livros, mas depois de ver o poste e sua resenha positiva, quem sabe futuramente eu realizo a leitura.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Oi Ivy, tudo joia? Eu não sou acostumada a ler livros com pessoas sobrenaturais, mas você realmente me deixou curiosa sobre esse livro, pode deixar que ele vai para lista de leitura com bastante carinho!

    Beijo da Yana,
    Marshmallow Com Café

    ResponderEliminar
  8. Oi, Ivy! Tudo bom?
    Eu me surpreendi demais com essa história! Apesar de ter ficado meio hmmmm com umas enrolações da trama, achei que todo o clima e o desenvolvimento das personagens foi bem pontuado. E o final! QUE FINAAAL.
    Deu até uma saudade <3 mas só vou ler o 2 quando conseguir o 3 UHASUHASUHASUHASUH

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderEliminar
  9. Oi Ivy, tudo bem?
    Adoreeei a dica! Eu não sabia que esse livro era tão rico em história e falava na época da Inquisição.
    Acho que todos esses elementos ajudam a deixar a trama ainda mais tensa, já que os perigos são iminentes e reais. Quero ler!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderEliminar
  10. Parabéns pela resenha Ivy! Já li a trilogia As Crônicas das Irmãs Bruxas e amei! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderEliminar
  11. Oi Ivy,

    Esse livro está na minha lista de leituras faz um bom tempo, mas nunca leio.
    Gosto muito quando os autores estudam e trazem uma ambientação histórica rica e cheia de detalhes que nos faz se sentir dentro daquele tempo, esse é um dos critérios mais importantes para mim e pelos seus elogios sinto que vou adorar essa história.
    Vou tentar ler esse logo logo.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderEliminar
  12. Oi Ivy, tudo bem?

    O título sempre me chamou atenção porque envolve magia, mas tb sempre fui deixando passar outros livro na frente. Bom saber que é mais do que uma simples fantasia e é bem ambientado!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderEliminar
  13. Oi
    Adorei o seu cantinho e já estou te seguindo ;)
    Sua resenha está perfeitinha, show! Eu já li essa série, é muito boa mesmo, devorei tão rápido que ainda não tive tempo de fazer a resenha dela.
    Te convido a conhecer o meu blog e se gostar me seguir também ;)
    Beijinhos
    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  14. Oi Ivy,
    Confesso que não sou muito fã de fantasia, mas adorei sua resenha e principalmente na abordagem histórica que o livro traz. Muitas questões nos levam a refletir e eu aprecio muito isso em uma leitura.
    Adorei saber sobre a evolução da personagem Cate, acredito que isso enriquece muito a experiência literária.

    Abraço,
    Fernanda
    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderEliminar
  15. Oi Ivy! Gostei de saber mais sobre o livro e que recebeu nota 5, mas te digo que não me interesso em ler, não sei o motivo, mas realmente não chamou a minha atenção.
    Que bom que gostou, ainda mais por ser o primeiro de uma série.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  16. A capa dessa obra é linda...confesso que fico com vontade de ler só por ela, kkk
    Pela sua resenha parece ser uma ótima leitura, vou colocar na minha lista!

    Mal posso esperar para conferir os demais livros da trilogia.

    Abraços

    ResponderEliminar
  17. Oi Ivy, tudo bem?
    Vc mudou o layout? *_* Ou é impressão minha

    Não conhecia essa obra, mas achei essa capa linda demais e realmente deu pra sentir que vc gostou da história. *_* Fiquei com vontade de iniciar a trilogia <3

    Beijos
    Sai da Minha Lente

    ResponderEliminar
  18. Oi Ivy!
    Menina esse é um dos livros que estão parados aqui na minha estante há décadas.Lembro que comprei porque vi que tinham bruxas e porque estava R$9,90 kkkkkkkkkk
    Admito que a sinopse me surpreendeu um pouco,principalmente com essa parte do contexto histórico envolvido.E ainda tenho o terceiro aqui em casa.Acho que vou comprar o segundo e começar a ler essa trilogia quem sabe ano que vem.
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com/

    ResponderEliminar