(Review 230) - Névoa (Mist #1)

em 24 de agosto de 2018

Título original: Mist
Autor: Kathryn James
Editora: Farol Literário (Brasil) / Putnam Juvenile (EUA)
Páginas: 334
Gênero: Fantasia
Saga: Mist 
Névoa (Mist) ✔
Gelo (Frost)

Goodreads / Amazon / Skoob / Saraiva

NévoaGwen, uma garota de 15 anos, marca sua festa de aniversário no meio da mata. Sua irmã Nell sabe dos perigos de fazer uma festa na floresta, mas Nell não consegue impedir a irmã. Gwen é levada pela névoa da floresta. Somente Nell sabe quem está por trás do sequestro de sua irmã - o garoto que ela imaginava ser seu amigo, o belo e misterioso Evan River. Evan não é um garoto comum - ele tem um segredo que fará com que Nell questione tudo o que ela sempre ouviu de sua avó: que as histórias sobre as meninas perdidas fossem apenas contos de fada. Evan vive à margem do mundo de Nell, raramente vislumbrado, incompreendido e temido. Um confronto entre os dois mundos está prestes a começar. 
Resenha: 


Tinha Névoa há tempos na lista de desejados, e ao final, foi um livro que me despertou sentimentos vários antes mesmo de começar a ler. Morria de curiosidade em conferir uma história que prometia ser mágica, com direito a elfos, reinos secretos e primeiros amores impossíveis, porém, conforme o tempo passava, as minhas ânsias em conferir a história foram murchando, além disso, o fato de ser uma história quase infanto-juvenil também me desanimou pois eu deduzi que talvez fosse uma história narrada em um tom infantil demais para mim. 

Posso dizer que foi um pouco do que eu imaginei que fosse. Um livro que se lê muito rápido, porém com uma história que poderia ter sido melhor aproveitada e melhor desenvolvida. 
O universo mágico criado pela autora é interessante e toda cronologia da história de humanos e elfos é bastante mágico, eu gostei demais porque está bem explicado, de maneira adequada. Os personagens são muito jovens, a protagonista tem treze anos de idade e seu interesse amoroso tem apenas quatorze anos, então, não é um livro para esperar-se por cenas românticas intensas já que aqui ainda estaremos testemunhando algo muito parecido com a descoberta do primeiro amor. Foi bonito, puro e muito terno conferir o relacionamento de Nell e Evan, apesar da pouca idade ambos foram personagens adoráveis. 

O grande problema é que a trama é cheia de falhas e pontos frouxos, mal explicados. Os fatos ocorrem de maneira apressada, houveram momentos em que sentia estar lendo o rascunho, o esboco do livro e não a sua versão final já corrigida e revisada porque sinceramente há fatos que precisei reler para entender como realmente aconteciam, em especial os eventos finais, tudo ocorre de maneira super simplória. Foi uma leitura que ao finalizar me deixou fria, não conseguiu despertar em mim nenhum tipo de sentimento. Não consegui me apegar aos personagens, principalmente porque senti que a maioria deles é tratada de maneira superficial na trama. Eles estão ali, podendo até ser cruciais em algum momento, mas o leitor recebe pouca informação sobre cada um. Mesmo o grande vilão, Fen, durante maior parte da trama é apenas citado, suas aparicões acabam sendo curtas, e insuficientes para conhecê-lo a fundo ou tentar entender algo sobre ele ou as razões de suas atitudes ruins.

Tenho na estante a segunda parte, Gelo, um livro que já nem terei muitas expectativas porém, ainda espero que me surpreenda. A narração de Cathryn James não é ruim, mas senti que foi vazia, faltava algo. Ainda assim, é uma leitura que pode agradar a leitores mais jovens, principalmente quem está iniciando na leitura e busca por histórias simples e mágicas, que nos tragam de volta aquelas lembranças boas da infância, quando escutávamos os contos de fada e as histórias sobre elfos, bruxas e princesas, onde todos os sonhos eram possíveis e ao final sabíamos que tudo sempre ia acabar bem.

Kathryn vive com a família em Leicester escrevendo em tempo integral. A autora sempre quis ser escritora e escreveu sua primeira história aos 8 anos de idade. Mas levou um tempo e diversos trabalhos diferentes até ser publicada. Trabalhou como cigana e viajando com crianças. Também trabalhou fazendo projetos fotográficos e também fotografando viagens. Seu trabalho na comunidade influenciou seu primeiro livro. Ela também escreve roteiros para uma pequena companhia de vídeos voltados para crianças e adolescentes.


Twitter: Kathryn James



Até a próxima, 



Ivy

13 comentarios:

  1. Oi Ivy,
    Uma pena sobre a construção dos personagens.
    Não ligo muito de ler histórias com personagens tão novos, mas precisa ter uma construção bacana e criar conexão, né? Essa editora lançava uns livros que me deixavam bem curiosa.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderEliminar
  2. Olá,

    É extremamente frustrante quando pegamos livros e o mesmo parece ter sido esquecido de ter passado por uma revisão, na qual perceberiam que faltam explicações e mais detalhes em alguns acontecimentos e personagens. Já peguei alguns livros assim e evitei continuar as séries, porque para mim o primeiro é o "carro-chefe" e não os demais.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  3. Oi, Ivy

    Que pena que a história tem tantos pontos falhos assim. Honestamente, eu não leria. Primeiro porque não gosto de ler histórias com personagens tão novos. Segundo porque não sou muito fã de fantasia, tem que chamar muito a minha atenção para eu ler. E terceiro porque há todos esses probleminhas de desenvolvimento. Espero que o segundo seja pelo menos melhor que esse.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderEliminar
  4. Putz Ivy!
    Pena que ao fim do livro não tenha sido tão bom pra você :(

    pelas imagens fiquei tentada mas confesso que depois destentou um pouco rs
    E confesso que a parte de ter de reer porque não revisaram acho que me deixaria um pouco brava, e estou sendo modesta no pouco rsrsr

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderEliminar
  5. Tudo bem? Eu já li esse livro, quando lançou e na época eu curti bastante. Essa capa é maravilhosa.

    Não achei o final ruim, ainda mais pelo livro ter continuação e eu ter lido também.

    Espero que na próxima leitura da sequência possa sentir que melhorou para você. Pois eu realmente curti essa história.

    Beijos.


    www.alempaginas.com

    ResponderEliminar
  6. Eu acho que o fator idade pode influenciar um pouquinho sim, quando a gente tá se iniciando na leitura, qualquer coisa básica parece bem mágica, mas depois de um tempo passamos a ser mais criteriosos, né? Ainda assim, acho que eu não leria, principalmente pelos pontos ressaltados por você, mas já valeu a dica!

    ResponderEliminar
  7. Olá
    Eu não me lembro se já ouvir falar sobre esse livro, mais ele não é pra mim por ser infanto - juvenil, e por a personagem ser muito jovem é um livro que não chama a minha atenção eu passo a dica

    ResponderEliminar
  8. Chegar a ser frustrante, né? Uma história que possui um enredo interessante, mas que a construção dos personagens desanimam. É uma pena não ter gostado da leitura, gosto de personagens novos, mas desde que sejam bem desenvolvidos.

    Beijos
    Sai da Minha Lente

    ResponderEliminar
  9. Olá, tudo bem? Não conhecia esse livro ainda, mas adorei toda essa inserção de diversos seres mágicos na história. É uma pena que a trama toda não tenha sido muito bem aproveitada, deixando a história rasa. De qualquer forma, tua resenha ficou ótima!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderEliminar
  10. Oi, Ivy
    Péssimo quando a gente quer uma história incrível mas o desenvolvimento, que é o principal, não rola. Já li vários livros que foram mal feitos, me deixando confusa em boa parte da narrativa e isso é muito triste. Pena que a autora vacilou demais nisso.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderEliminar
  11. Olá!
    Amo livros românticos com fantasia. É uma pena que o livro não foi tão bem construído na sua percepção. Eu já tinha ouvido falar do livro e não foi um comentário bom. Mas, às vezes, acontece do livro não superar nossas expectativas.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  12. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas confesso que não fiquei muito curiosa para ler. O enredo é interessante e parece que o universo criado pela autora também é, mas os pontos que você destacou me desanimaram muito. O fato da autora deixar tantas pontas soltas é muito ruim e parece que a trama não foi bem aproveitada.
    Não pretendo ler o livro, mas adorei a resenha e a forma como você apresentou sua opinião.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  13. Oii! Nossa, eu não conhecia esse livro, mas a sua resenha me deixou bastante curiosa para conferir , principalmente porqueamo histórias que envolve todo esse universode criaturas mágicas. Pena que a autora não se aprofundou muito nos personagens e nem na trama em si, isso acaba desanimandoos leitores mesmo. Mas irei anotar a sua dica, quem sabe eu leia em pdf haha. Bjss!

    ResponderEliminar