(Review 238) - A Caçadora de Bruxos (The Witch Hunter #1)

em 14 de septiembre de 2018

Título original: The Witch Hunter
Autor: Virginia Boecker
Editora: Galera Record (Brasil) / Editorial Hydra (Argentina) / Putnam Juvenile (EUA)
Páginas: 308
Gênero: Fantasia Medieval
Saga: The Witch Hunter
A Caçadora de Bruxos (The Witch Hunter) ✔
O Regicida (The King Slayer)

Goodreads / Amazon / Skoob / Saraiva

A Caçadora de BruxosNo mesmo estilo de Guerra dos Tronos, A Caçadora de Bruxos reconstrói uma Inglaterra medieval mítica, com muita magia e muita intriga política. Na Anglia do século XVI, a prática da magia é ilegal e infratores são queimados na fogueira. Elizabeth Grey é uma das melhores caçadoras de bruxos do rei: ela localiza e captura Reformistas, rebeldes suspeitos de praticar feitiçaria para que sejam julgados e executados, conforme manda a lei. Até que, inexplicavelmente, ela é incriminada e acaba presa sob a acusação de praticar a arte que se dedicou a erradicar. A salvação, no entanto, acaba vindo na forma de seu pior inimigo: Nicholas Perevil, o mago mais poderoso e procurado de Anglia. À medida que Elizabeth se associa aos Reformistas, suas crenças sobre a legitimidade da proibição da magia são profundamente abaladas. Ela se vê em meio a uma contenda política de proporções épicas e percebe que seus antigos aliados agora são seus inimigos mortais. Será que Elizabeth está pronta para decidir de qual lado está sua lealdade, afinal de contas? 

Resenha: 


Tem certos livros que a gente já sabe que vai gostar. Quer seja pela premissa, quer seja por alguma resenha que nos convence de que aquele pode ser "o livro". Com A Caçadora de Bruxos me ocorreu ambas as situações. A sinopse toda da história, prometendo aventuras e magia já tinha me conquistado e boas resenhas que foram vindo na sequência me convenceram definitivamente. 
Comprei o livro há um bom tempo, mas a demora em publicar a segunda parte me deixava com o pé atrás, não queria começar a ler a bilogia e terminar sendo surpreendida com a noticia de mais uma série cancelada por editora, decidi esperar porque, outra vez, já sabia que iria gostar dessa história. E quando O Regicida, a segunda parte, finalmente foi publicada, essa bilogia entrou na minha TBR imediatamente. 
Gostei tanto que enquanto escrevo meio que na dúvida em como expressar o quanto foi legal. Já quero ler a segunda parte, pois estou bem curiosa por conhecer a história inteira, descobrir os destinos de Elizabeth Grey e outros tantos personagens que, página à página foram me envolvendo com seus conflitos e batalhas. 

A ambientação é fabulosa. Anglia é um lugar obscuro, onde magos e bruxas são lançados na fogueira sem piedade. E essa ambientação medieval relembra muito outros grandes clássicos como a história de Joana D`Arc ou até mesmo as próprias Bruxas de Salem. A autora não se extende demais oferecendo mil e uma descrições de cidades e vilas, mas nos oferece o necessário para imergir o leitor completamente em sua trama. Achei que isso tornou a história bem mais ágil, já que ela não se prolonga em detalhes, o que na maioria das vezes deixa qualquer história mais devagar e cansativa.

A trama é muito bem conduzida, possui momentos de grande clímax, quando revelações importantes nos são dadas, mas também possuí momentos de calmaria, onde o leitor é brindado até com um romance bem doce, que embora ocupe um papel secundário na trama, foi bem gostoso de acompanhar, pois ocorre de uma maneira que deixa o leitor na expectativa pelo futuro do casal. 
Aliás, a construção de cada personagem é super bem desenvolvida. Eu adorei a personalidade de todos eles, em especial os amigos de Elizabeth, que transmitem uma jovialidade e uma leveza essencial para que a história não fique apenas centrada na protagonista e em seu conflito. 

A Caçadora de Bruxos aliás apresenta uma trama bem linear. Apesar de haver gostado bastante do livro, reconheço que não é uma história cheia de reviravoltas. Na verdade houveram vários detalhes e revelações que eu consegui intuir bem antes de se confirmarem, e mesmo com um final emocionante e bem tenso, não foi uma leitura que me fizesse sentir arrepios de ansiedade. Não sei se me explico bem, mas o que senti é que embora continue sendo um ótimo livro de fantasia, com uma ambientação de luxo e uma protagonista girl power, personagens secundários que despertam o carinho imediato do leitor e uma narração em primeira pessoa poderosa, ainda assim faltou um pouco aquele "fator surpresa" que ocorre quando o leitor percebe que foi enganado na trama e que nada é oque ele achou que fosse... Essa é a grande desvantagem em se ler muita fantasia, chega um momento em que parece que dificilmente seremos surpreendidos. 

Ainda assim, como disse, A Caçadora de Bruxos possui ação, magia e emoção, ingredientes perfeitos pra quem curte uma boa fantasia. O final mirabolante deixa o leitor bem preso à leitura e com vontade de prosseguir com a história, pois sentimos aquela necessidade em descobrir o que ocorrerá. Felizmente, ao ser uma bilogia, acredito que sua segunda parte O Regicida tem tudo pra trazer-nos um final épico, cheio de lutas e conflitos. Espero em breve poder contar minha opinião sobre esse desfecho, até lá fica aqui minha recomendação para esta primeira parte que, com certeza, cumpre com as expectativas de quem busca uma história medieval cheia de poder e intrigas politicas, aliado à muita magia e misticismo. 

" ... E então, a partir desse momento, você vai perceber que seu maior inimigo não é aquele contra que você está lutando, mas aquele que você ainda teme "

Virginia Boecker morou cinco anos em Londres, completamente obcecada pela história medieval que serviu de cenário para seu romance de estréia, A Caçadora de Bruxos, que foi finalista do YALSA Awards. Atualmente, ela vive em Oregon com o marido e passa seus dias escrevendo, lendo, correndo e andando atrás dosseus dois filhos e de seu cão chamado George. 





Até a próxima, 



Ivy

24 comentarios:

  1. Oi, Ivy!

    Mesmo que alguns acontecimentos sejam previsíveis assim como o desandar da história, se num geral o livro é bom e prende a atenção do leitor, então tá valendo. Acho que essa é a primeira resenha que leio da obra e já fiquei interessada em conferir mais da obra!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Oi Ivy,
    Acho que não conhecia essa série. Também tenho muito receio de iniciar uma e ganhar perdido de editora. É mais seguro esperar. HAHAHA
    Adoro plots envolvendo bruxas, mas quase não leio. Já fiquei surpresa que tem esse lado dark da fogueira e tals. Ótimo saber sobre a boa construção dos personagens.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderEliminar
  3. Oi, Ivy
    Eu acho que só li uma história sobre bruxas, eu gosto desse tipo de enredo mas pouco me aventuro nessas coisas. Gostei do fato da ambientação ser bem feita, eu acho que isso é muito importante pra inserir o leitor na narrativa. Acho que daria uma chance.
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderEliminar
  4. Já faz algum tempo que quero adquirir essa obra, pois amo livros que tem magia, e emoção na trama, no entanto sempre fico com receio não curti muito. Contudo com sua resenha tive a certeza que os elementos iram me conquistar, pois tem momentos de aventura, e de calmaria, os personagens são bem desenvolvidos, e o final surpreendente. Espero não me decepcionar com a leitura.

    ResponderEliminar
  5. Olá!! :)

    Já quero ler esse livro há muito, muito tempo! Mas acabei por negligencia-lo para o fundo da minha mente e da lista de prioridades! Agora, a tua resenha fez-me querer ler!

    Que bom que gostaste da ambientação da historia, e que esta contem tudo o que uma boa fantasia precisa de ter!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderEliminar
  6. Oi Ivy,

    Esse livro esta a minha lista de leitura, nem sabia que tinha sido lançado o segundo, mas que bom pois assim já lemos tudo de uma vez.
    Mas fico feliz em saber que a história é boa. Vou tentar adiantar ele na lista de leitura.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderEliminar
  7. Oi Ivy! Apesar de vc dizer que não é cheio de reviravoltas fiquei curiosa com o final. Vou epserar vc nos contar como é a continuação.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderEliminar
  8. Oi, Ivy

    Talvez esse fator surpresa que você achou que faltou esteja em O Regicida... vou torcer por isso.
    Gostei queo texto é ágil, mas eu particularmente gosto bastante de detalhes... por isso não sei como encararia uma história fantástica que vai maia direto ao ponto. Quando o assunto é fantasia eu gosto de tudo explicado tintim por tintim! Hahahah

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderEliminar
  9. Olá, Ivy.
    Eu gosto muito de livros com esse tema de bruxas, magia, mas ainda não conhecia esse. Acho que até já tinha visto a capa, mas nem tinha lido nada a respeito. E que alegria ser só dois livros e já ter os dois publicados. Vou colocar na minha lista é claro, ainda mais depois de tantos elogios.

    Prefácio

    ResponderEliminar
  10. Oi Yvy! Com a chegada do segundo volume pretendo conferir a duologia, a temática me agrada bastante e fiquei feliz de saber que a história é bem conduzida.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderEliminar
  11. Olá! Eu sem querer acabei lendo o segundo livro antes, e pra falar a verdade, amei demais! Não sou muito ligada em fantasias mas a obra teve todos os elementos pra me conquistar, o segundo livro é ação o tempo todo e isso me deixou muito presa na obra, de verdade. A escrita da autora é muito gostosinha, então definitivamente é uma história que vale a pena continuar lendo.

    ResponderEliminar
  12. Oi Ivy, gostei da resenha e me despertou a vontade de ler o livro.
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. Oi Ivy!!!
    Por ser ao estilo Guerra dos Tronos e ser bem construído acho que super leria HAHAHA
    a sua foto e a capa são interessantes viu
    Esse negócio de ser previsível, será que fica muito na cara?
    Bacana e interessante mas nada sensacional, é essa sensação?
    Obrigada viu Ivy, se ler o a sutil arte de ligar o ...
    Me conta a sua experiência!

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderEliminar
  14. Olá, tudo bem? Eu nunca fui ligada a fantasias principalmente, aquelas que falam sobre bruxas e contém magia mas, esse ano depois de duas leituras sobre o tema, estou completamente fascinada por esse mundo fantástico e, apesar de nunca ter lido nada sobre esse livro a sinopse me convenceu a comprá-lo.

    Comecei a ler sua resenha e nela você diz: "Tem certos livros que a gente já sabe que vai gostar. Quer seja pela premissa, quer seja por alguma resenha que nos convence de que aquele pode ser "o livro." e eu tenho que concordar com você, porque a sinopse dele já chamou a minha atenção, quando li que ela se transformou naquilo que caçava achei ainda mais interessante, e sinto que a obra tem muito para oferecer e me prender. Também acho ruim iniciar a leitura de uma série sem ter todos os livros publicados, principalmente, porque as editoras estão cancelando a publicação sem aviso prévio.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderEliminar
  15. Eu adoro fantasia medieval, ainda não conhecia esse livro e fiquei muito interessada em realizar a leitura. Mesmo não tendo muitas reviravoltas ou mesmo não sendo tão cheio de ação ou surpresas, eu fiquei bem curiosa com a obra. Adorei a sua resenha e anotei a dica!

    ResponderEliminar
  16. Olá
    Eu não sabia desse livro,mais estou curiosa com as bruxas e a Elisabeth e seus amigos, não sou uma leitora de fantasias mais sei que esse livro parece ser diferente para mim que não ler muito esse gênero. Vou anotar a dica

    ResponderEliminar
  17. Oi Ivy!
    Eu preciso voltar a ler fantasia, tenho visto tantas indicações de livros do gênero que parecem incríveis! Gosto dessa premissa de magia e ação, e tendo uma personagem Girl Power para agitar a história fico mais feliz ainda!

    Com carinho,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderEliminar
  18. Oi, Ivy sua linda, tudo bem?
    Eu adoro histórias de bruxas, sou fã eterna de Harry Potter. E essa duologia tem uma roupagem diferente, pois o cenário é medieval. Mesmo que não tenha reviravoltas, eu fiquei super animada, pois se estão queimando mesmo os bruxos na fogueira, o enredo deve ser bem tenso. E esse clima de misticismo??? Acho que nunca li um livro parecido, essa visão eu costumo ver mais nos filmes. Acho que vou amar esse livro.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  19. Oi Ivy, tudo bem?
    Mais um livro que entra para minha lista de desejados, Gosto MUITO dos elementos trabalhados pela autora. AMO historia com bruxos e já quero ler este. Vou procurar pelo título e ver se acho alguma promoção ahuahuahua
    Beijos

    Sai da Minha Lente

    ResponderEliminar
  20. Olá!
    Preciso desse livro!!
    Amei a premissa, amo livros de fantasia e magia ainda mais na ambientação medieval. Ele me lembra um pouco "jovens de elite", da Marie Lu, que é um excelente livro também. Dica anotada. Parabéns pela resenha.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  21. Olá, tudo bem? Ah fiquei bem contente em saber que é uma duologia hahaha Queria começar a série, porém o medo de ser vários volumes me deixou passá-lo para traz, e pela sua resenha vi que vou gostar. Adoro o assunto, livros que o abordam e acredito que com esse não será diferente. Confesso que não curto muito reviravoltas previsíveis porém dependendo da maneira que é trabalhada até vai haah Dica anotada <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  22. Oi, este eu não li ainda, mas sendo um enredo com bruzab, confesso que já me sinto atraida!
    BjsB Rose

    ResponderEliminar
  23. Opaa! Bruxas, protagonista forte e fantasia? Já quero haha. Amei a sua resenha, eu não conheço a escrita dessa autora, mas fiquei curiosa pra conferir. Dica anotada, bjss.

    ResponderEliminar