(Review 274) - Winter (Crônicas Lunares #4)

em 17 de abril de 2019

Título original: Winter
Autor: Marissa Meyer
Editora: Editora Rocco (Brasil) / Feiwel & Friends (USA) / V&R Editora (Espanha)
Páginas: 688
Ano de Publicação: 2015 (EUA) / 2016 (Brasil)
Gênero: Suspense Juvenil
Saga: Crônicas Lunares (The Lunar Chronicles)
1. Cinder 
2. Scarlet 
3. Cress
3.5 Levana - A rainha mais bela 
4. Winter 
Valoração: 

Best seller do The New York Times, a série Crônicas Lunares conquistou os leitores com sua releitura high-tech de contos de fadas tradicionais. Depois de Cinder, Scarlet e Cress, inspirados, respectivamente, nas histórias de Cinderela, Chapeuzinho Vermelho e Rapunzel, Marissa Meyer entrega o último capítulo da série, que reconta a história da Branca de Neve com tintas distópicas. Na trama, a princesa "Winter" vive subjugada por sua madrasta, Levana, que inveja sua beleza e não aprova os sentimentos da jovem pelo amigo de infância e belo guarda real Jacin. Mas "Winter" não é tão frágil quanto parece e, junto com a ciborgue Cinder e seus aliados, a jovem princesa é capaz de iniciar uma revolução e vencer uma guerra que já está em andamento há muito tempo. Será que Cinder, Scarlet, Cress e "Winter" podem derrotar Levana e encontrar seus finais felizes? 


Minha opinião:

Esta foi uma das séries onde eu amei todos os livros publicados assim como a novella sobre a vilãzona da trama, a malvada Levana. O primeiro livro, Cinder, não foi tão extraordinário assim, pra falar a verdade, achei apenas legalzinho. Mas à partir do segundo, Scarlet, fui me envolvendo e me surpreendendo cada vez mais e me apaixonei pelos personagens, especialmente no terceiro, que é meu favorito absoluto.

Para Winter eu tinha expectativas, até porque todo mundo dizia que era um livro grandioso (não apenas em número de páginas mas em conteúdo), com um final digno.
E realmente me surpreendeu terminar Winter em pouco mais de 3 dias apesar de suas mais de 700 páginas, esse é um sinal claro de como a trama esteve o tempo todo bem conduzida, mantendo um ritmo envolvente, cheio de reviravoltas que o leitor não consegue prever. Eu me apeguei horrores aos personagens aqui e me vi torcendo como uma louca por cada um.

Cinder evoluiu muito desde o primeiro livro. Ela amadureceu, se tornou forte, capaz e determinada, sabe o que quer, é leal, eu gostei muito dela e de quase todas as suas decisões neste livro.
Scarlet e Lobo seguem sendo um casal maravilhoso. Eles passaram por tanta coisa e seguem passando, Lobo é um dos que mais sofre na saga e ainda assim manteve-se leal até o final, eu gostei demais dele apesar de não ser exatamente um tipo carismático, e Scarlet forma um par perfeito, porque ela equilibra vários pontos da personalidade de Lobo e eles juntos possuem boa quimica. 
Quem finalmente aparece e decide muita coisa é Kai, o principe de Cinder. Kai foi mega importante neste livro, e revelou-se muito mais do que um mero galã. O líder das Comunidades mantém um relacionamento bacana com Cinder, baseado numa confiança mútua que achei super fofa e crível.
Tem também Cress e Thorne e eu adoro eles desde o terceiro livro, mas senti falta de mais evolução em Cress, ela segue praticamente igual e só reage nos momentos mais cruciais. Com tudo o que a garota passou, esperava ela mais valente e determinada aqui, assim como Thorne que apesar de carismático se manteve sem surpresas. Eles formam um casal fofo? Sim, mas os conflitos do casal poderiam ter se resolvido bem mais facilmente. De qualquer maneira, foi uma delicia seguir acompanhando a história deles.
Neste livro temos a introdução do ultimo personagem protagonista, Winter, que se baseia no conto da Branca de Neve. Gostei de Winter, mas não se tornou minha favorita, a personagem pouco evoluiu e seu par romântico, Jacyn, também não exalava nenhum carisma. Foi um casal de personagens ok, mas me sentia bem indiferente quanto ao destino deles pra ser sincera.

Impressionada em notar como Marissa Meyer consegue recontar a mesmissima história sob uma visão diferente, em um cenário e circunstâncias inusitados. 
Acho que o que mais impressiona mesmo é isso nesta saga: a capacidade da autora em nos contar as antigas fábulas infantis sob um novo contexto, transformando nossos personagens já conhecidos em ciborgues, heroínas e mutantes. E ela conseguiu fazer isso de uma maneira harmoniosa, que não entrasse em choque com o conto original, mas que de alguma maneira agrega um toque diferente e único à essas histórias que já conheciamos desde a infância.

A grande vilã da trama, Levana, é assustadora, perversa de verdade e desperta ódio ao extremo, assim como seus companheiros do mal, em especial o taumaturgo Aimery, uma figura sinistra que aparece neste livro como o braço direito da rainha e consegue ser tão malvado quanto ela. É destes dois os momentos de tensão na trama.

A ambientação em Luna ficou maravilhosa, a autora ressaltou bem os contrastes e diferenças com a Terra, a luta daquele povo oprimido, e soube criar um ambiente bem nefasto, sombrio até. Eu gosto das descrições de Marissa Meyer porque são bem especificas, ela não se extende demais. Sabe como criar seres diferentes, como lançar uma reviravolta inesperada bem no meio do enredo sem dar um nó na cabeça do leitor, e se percebe como a escrita da autora amadureceu desde o primeiro livro, a autora se arrisca mais, a narrativa é bem mais ousada e magnética.

Apesar de todas as muitas coisas boas nesse desfecho de saga, não curti o final. Veja bem, é um bom final, atendendo as expectativas dos leitores mas... achei morno em comparação ao ritmo alucinante que o livro manteve em suas páginas. Tanto Levana quanto Aimery mereciam finais mais tensos, achei tudo rápido com relação ao destino deles. Mas o que mais me decepcionou foi a decisão final de Cinder, a última decisão dela. Achei incoerente! Pareceu uma decisão que a autora escolheu por ser fácil, simples, que solucionava tudo, mas acaba ao mesmo tempo contradizendo muito do que Cinder quis a saga toda.

Concluindo...

Algumas séries deixam saudades quando terminam, porque a gente realmente se apega e comigo foi assim com Crônicas Lunares. Vou sentir falta de Cress, Thorne, Scarlet, Lobo e até mesmo Cinder e Kai que não foram meus favoritos de sempre mas nesta última parte se redimiram e se tornaram também memoráveis. Recomendo demais a saga não apenas por causa da originalidade incrível de sua autora e sua escrita leve, divertida e envolvente, mas também porque acho que todos deveriam ter a chance de apreciar uma obra maravilhosa que conseguiu trazer clássicos infantis sob uma nova roupagem, mais adulta, mais futurística e muito mais mortal, certamente.

"Ela hesitou, e mais uma vez Winter inclinou a cabeça e olhou para Scarlet com curiosidade penetrante. Era irritante pensar que ela estava sendo analisada por uma pessoa que reclamava com frequência que as paredes do castelo tinham começado a sangrar de novo".


"Ela queria afastar o olhar, mas se obrigou a não fazer issso. A coragem das pessoas a deixou ao mesmo tempo sem palavras e horrorizada. Ela se viu querendo que alguém a traísse para que aquilo terminasse. Para que a escolha não fosse mais dela".
Marissa Meyer mora em Tacoma, Washigton, com o marido e os dois gatos. É fã de muitas coisas nerds (Sailor Moon, Firefly, organizar estantes por cor, etc...) e é apaixonada por contos de fadas desde criança - e não pretende abandonar isso. 
Ela pode ou não ser um ciborgue. 
Cinder foi seu primeiro romance e já foi traduzido para cerca de vinte países. 

Web Page Oficial: https://www.marissameyer.com/

Twitter: Marissa Meyer





Nos lemos,

Alice

17 comentarios:

  1. Oi Alice,
    Acho que já li uma outra pessoa comentando sobre não ter curtido muito o primeiro, mas adorou os outros.
    Tenho curiosidade em conhecer a série, eu até gosto de releituras e essa parece bem criativa.
    E nossa que gigante! Mas se for bom, passa super rápido.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderEliminar
  2. Oi, Alice! Tudo bom?
    Já faz dois anos que li esse fim e morro de saudade até hoje. Crônicas Lunares é definitivamente aquele tipo de série que fica com a gente pra sempre, porque ô conjunto de personagens carismáticos e trama fantástica mais bem desenvolvido!
    As HQ's spin-off são MUITO BOAAAAAAAAAS acho que tu vai adorar.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderEliminar
  3. oi!
    Eu adorei a dica :D não conhecia a série parece ser bem interessante, ja coloquei na lista de leitura ;)

    ResponderEliminar
  4. Oi Alice!!
    Ai menina, eu quero tanto ler esses livros, acho as capas tão lindas e eu amo contos de fadas e as resenhas são sempre muito positivas, quero muito conhecer!! Adorei sua resenha!

    ResponderEliminar
  5. Oi Alice, tudo bem? Eu fiz essa leitura faz um bom tempo e curti bastante. Ainda tenho os livros na estante e amo essa história. Na realidade, adoro fantasia tanto quanto curto thrillers. Sua resenha ficou bem escrita e conseguiu captar bem a essência da história. Beijos.

    ResponderEliminar
  6. Oi Alice tudo bem?
    Sempre que encontrou alguma resenha sobre essa série, me lembro de Once Upon a time <3
    Eu amo demais as primeiras temporada dessa séries, inclusive.
    Ainda quero dar uma chance para essa saga, que já me foi recomendado várias vezes.

    Sai da Minha Lente

    ResponderEliminar
  7. Oi, tenho muita vontade de ler essa série. Acho super interessante isso de a autora recontar os clássicos dos contos de fadas com elementos de ficção científica. Amo quando livros gigantes assim nos cativam tanto que devoramos as páginas. Pena que o final e o casal protagonista não superaram suas expectativas nesse volume.

    ResponderEliminar
  8. Olá, tudo bem? Já vi muitos comentários positivos a respeito dessa série, então sem dúvidas tenho bastante curiosidade de ler ela. É uma pena que o final desse livro tenha deixado a desejar, quando comparado aos outros. Adorei tua resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderEliminar
  9. Oi Alice, nunca li está série e para evitar spoilers, li apenas suas conclusões, gostei heimm, e gostei mais ainda dos trechos, me deixou curiosa!

    Beijos Mila

    ResponderEliminar
  10. Oi, Alice!
    Lembro quando devorei essa série em menos de um mês... foi muita maravilha! E também sofri ao me despedir dos personagens. O bom é que tem o conto Something Old, Something New e as HQs da Iko que mostram eles depois desse final.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderEliminar
  11. Olá, Alice.
    Eu li essa serie em menos de uma semana. Eu operei e não tinha nada para fazer porque só podia ficar na cama e aproveitei hehe. E diferente de você eu já me apaixonei logo no primeiro livro e nem sei dizer qual gostei mais. Acho que todos os personagens tem um cantinho especial no meu coração.

    Prefácio

    ResponderEliminar
  12. Olá, tudo bem? AH estou doida para temrinar essa série. Estou lendo no momento o terceiro volume e estou amando. Espero amar a série como um todo igual a você, mas pelo que vejo já fui conquistada. Ainda não li o spin-off, mas é importante lê-lo antes de Winter? Ótima resenha!
    Beijos,
    https://diariasleituras.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. Olá,
    Eu não sabia que a história era tão original. Já tinha lido outras resenhas destes livros mas a sua é a que mais me convenceu a ler esta série. Gosto dessa coisa de releitura de contos de fadas, e os personagens parecem ser muito bons.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderEliminar
  14. Oii, tudo bem?

    Já vi algumas pessoas comentando sobre esta série, e praticamente todo mundo disse que o primeiro é meio ok, mas que os outros são ótimos. Não são todas as releituras de contos de fadas que eu costumo gostar, mas sua resenha me deixou bem curiosa sobre a história, os personagens parecem ser bem interessantes, mesmo que alguns não tenham tido uma evolução notável.
    Obrigada por compartilhar!!

    Beijinhos!!

    ResponderEliminar
  15. Tenho visto várias resenhas sobre este livro e confesso to ficando cada vez mais curiosa para ler tambvém, gostei muito da resenha!

    ResponderEliminar
  16. Que delícia ler a tua opinião!!! Eu ainda não li os livros dessa série e morro de vontade, acho que também vou me apaixonar e vou ficar com saudades também quando terminar a leitura. Coloquei a série na minha lista infinita de desejados e espero poder ler em breve.

    ResponderEliminar
  17. Oi Aline!
    Adorei ler sua resenha e também sua sinceridade em relação a série. Eu ainda não conhecia ma fiquei curiosa em desvendar os segredos dessa trama que me pareceu incrível, vou anotar a dica obrigado. Parabéns pela resenha ficou completíssima e sincera, bjs!

    ResponderEliminar