(Review 305) - Meninas de Calças: O Terceiro Verão da Irmandade (Sisterhood #3)

em 7 de agosto de 2019


Título original: Girls in Pants: The Third Summer of the Sisterhood
Autor: Ann Brashares
Editora: Rocco (Brasil) / Ember - DelacortePress (USA-UK) / SM (Espanha)
Páginas: 376
Ano de Publicação: 2006 (EUA) / 2008 (Brasil)
Gênero: Romance Juvenil
Saga: The Sisterhood of the Traveling Pants (A Irmandade das calças viajantes)
1. A irmandade das calças viajantes (The Sisterhood of the traveleing paints) 
2. O segundo verão da irmandade (The Second Summer of the sisterhood) 
3. Meninas de calças: O terceiro verão da irmandade (Girls in Paints: the third summer of the sisterhood) 
4. Para sempre de azul (Forever in blue: The fourth summer of the sisterhood)
5. Sisterhood Everlasting
Valoração: 
Goodreads / Amazon / Skoob 

Gostosas, confortáveis e sábias, as Calças Viajantes finalmente estão de volta. Até porque antes delas, Bridget, Carmen, Tibby e Lena não se davam conta de que eram maiores e mais fortes que o tempo que passavam juntas. A palavra amigas, aliás, não descreveria de forma suficiente o que sentiam umas pelas outras. E assim, cada vez mais unidas, chegaram a outro verão, o último antes de partirem para a universidade, o último em que estarão juntas de verdade, antes de rumarem ao início de suas vidas adultas. Em "Meninas de Calças: O terceiro verão da irmandade", os destinos das quatro jovens estão se definindo. Carmen, por exemplo, decide tomar conta da avó de Lena e acostuma-se com as mudanças em casa; Lena pode ter o plano de ir para a Escola de Artes vetado pelo pai: Bridget acha uma surpresa no campo de futebol onde trabalha; e Tibby descobre-se muito mais forte do que imagina. 

Minha opinião:

Meninas de Calças: O terceiro verão da irmandade volta trazendo personagens mais maduros, racionais e velhos dramas já esquecidos do passado.

Desta vez Bee, Tibby, Carmen e Lena se preparam para seu último verão antes da faculdade. Todas irão partir, viverão separadas, conhecerão novas vidas e deverão preparar-se para todo o futuro que está por vir.

Não vou mentir, eu esperava mais dessa terceira parte. Talvez tenha ido com muita sede ao pote... talvez o fato de haver lido o livro anterior à pouco mais de uma semana também compensou para que eu me saturasse rapidamente... mas o fato é que nesta terceira parte senti que faltou algo, senti a história até mesmo arrastada demais em alguns momentos.

Uma das coisas que mais me decepcionou foram as respectivas histórias de Tibby e Bee. Ambas foram meus personagens favoritos no primeiro livro (Tibby) e no segundo (Bee) e aqui, ambas, estão mais vazias, mais apagadas e sem a mesma emoção dos livros anteriores. 
Em muitos momentos me deu a impressão que a autora estava apenas preenchendo o tempo com as histórias de Bee e Tibby. As garotas simplesmente não evoluem para nenhum lado e não há nada útil que se possa agregar para o próximo livro com respeito ao que tiveram nesta terceira parte. 
Felizmente, Carmen e Lena estão ai.

Carmen que, nos primeiros livros se revelou bastante egoísta e até mesmo maldosa, consegue se redimir bastante nesta terceira parte, trazendo ao leitor os momentos mais doces e também mais emocionantes dessa continuação, ao ter que aceitar e lidar com a chegada de um novo membro à sua família.
Lena, que deverá pela primeira vez enfrentar a família para lutar por seu sonho de estudar arte também amadurece e continua evoluindo bastante como personagem, se tornando mais emotiva e intensa.
Bridget (Bee) volta ao passado, ao acampamento do primeiro livro e também à Eric, o garoto por quem ela esteve fascinada há dois anos atrás. Quando houve o relacionamento de Bee e Eric já na primeira parte, senti como uma das partes mais fraquinhas desde aquele momento, e aqui, mais maduros e mais conscientes, da mesma maneira o casal não consegue emocionar-me. Algo não funciona na história de Bee e Eric... pelo menos ao meu ver.
Tibby tem uma família estupenda e tem Brian, porém, nesta terceira parte parece travar e seus momentos são cheios de voltas e incertezas para, ao fim, terminar em nada. 

A narrativa da autora parece estar mais pausada e mais pesada nesta terceira parte. Embora traga momentos que me fizeram sorrir, momentos doces e que despertam emoções no leitor, em muitos momentos senti a história estancada em um mesmo ponto, sem surpresas ou reviravoltas.


Concluindo...
Meninas de Calças: O terceiro verão da irmandade foi até aqui o livro mais fraquinho da série. Previsível e muitas vezes cansativo, a autora parece resgatar fatos já passados no primeiro livro sem trazer um desfecho coerente. Alguns personagens parecem não evoluir nesta terceira parte e a sensação final é a de que poderia haver sido um romance melhor se a autora tivesse dado à duas de seus personagens um rumo diferente em suas histórias.



"Quando você sente a dor ou a alegria de alguém de uma maneira tão profunda ao ponto de parecer ser suas próprias emoções, aí você percebe que realmente ama esse alguém".


Ann Brashares (30 de Julho de 1967) é uma escritora americana e escreve para jovens e adultos. É conhecida principalmente pela série Quatro amigas e um jeans viajante (A irmandade das calças viajantes). Brashares nasceu em Alexandria, Virginia, e cresceu em Chevy Chase, Maryland. Depois de estudar Filosofia no Barnard College, trabalhou como editora para a 17th Street Productions. Depois de sair do emprego ela escreveu "Quatro amigas e um jeans viajante", que se tornou best-seller internacional, e assim, teve mais quatro livros como sua continuação. Em 2005, o primeiro livro da série foi adaptado ao cinema, e um segundo filme sobre os outros livros da série foi lançado em 2008. Ann atualmente vive em Nova York com seu marido Jacob Collins e seus 3 filhos. 
Web Page Oficial: http://annbrashares.com/

Twitter: Ann Brashares


Nos lemos, 

Alice

9 comentarios:

  1. Oi, Alice! Tudo bom?
    Tá ai um livro que eu absolutamente AMO os filmes baseados nele, mas nunca tive vontade de ler. Acho que a história soa muito melhor em forma visual pra mim, aí nunca surgiu o interesse no original.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderEliminar
  2. Oi Alice!
    Que pena que a leitura foi fraca. Não me agrada muito nao saber que o romance é previsivel demais. Acabo nem tendo vontade de ler porque já me vejo adivinhando tudo com a maior facilidade da vida :(

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Oi, Alice! Menina eu não sabia da existência desses livros! Sou uma grande fã dos filmes e agora fiquei super animada pra ler essa história! Uma pena que a autora tenha pecado em vários aspectos nesse terceiro volume. Eu também fico bem chateada quando tenho a impressão de que o autor está escrevendo aquilo só por escrever mesmo, querendo finalizar a história e sem se importar com os detalhes e desenvolvimento :(

    Amei a resenha! ♥
    Estante Bibliográfica

    ResponderEliminar
  4. Não tenho tanta paciência para essa série. Li o primeiro há alguns anos e não me prendeu, acho que pela temática mais jovem mesmo, porém saber que o terceiro não foi tão bom, me deixa triste já que é um livro de uma série tão bem falada por aí. Vi o filme também e achei até ok. Espero que a autora tenha deixado apenas esse fraco e que os próximos (caso venham a ser escrito ou já existam) sejam melhore.

    Abraço,
    Larissa | Parágrafo Cult

    ResponderEliminar
  5. Olá, Alice.
    Eu vi falar bastante dessa série algum tempo atrás e até tinha me interessado me ler. Mas depois a vontade passou e lendo sua resenha acho que a história não me interessa tanto assim. Tomara que o próximo livro seja melhor que esse.

    Prefácio

    ResponderEliminar
  6. Oi Alice
    Nunca tive interesse em conferir essa história, mas já vi o filme (não sei se é o mesmo). Eu gosto da ideia da obra focar em quatro amigas, mas acho que a autora se perde um pouco desenvolvendo umas demais e outras de menos. Uma pena que não funcionou.
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderEliminar
  7. Oi, Alice!
    Não li nenhum livro dessa série e para ser sincera não tenho muita vontade.
    Ainda mais depois de saber que esse é fraco perto dos outros. Espero que a próxima leitura seja melhor!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderEliminar
  8. Oi Alice,
    Por isso que às vezes tenho receio de séries tão longa... sempre tenho impressão que algum momento terá a bela encheção de linguiça haha
    Mas ainda tenho muita vontade de conhecer essa, por simpatizar bastante com as personagens nos filmes.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderEliminar
  9. Oi
    eu nunca li nenhum dos livros, só assisti os filmes, pena que esse terceiro acabou sendo o mais fraco, é ruim quando você tá na empolgação dos livros anteriores ai vem um e acaba com o clima.
    Quantos livros são?

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderEliminar