Parcerias: ter ou não ter? Eis a questão...

em 27 de septiembre de 2019

Imagen relacionada

Ah, as primeiras parcerias que um blog consegue, é sempre a mesma reação, não importa a personalidade do blogueiro: euforia, contentamento, satisfação e muita alegria.
Pudera, ganhar aquela parceria com alguma editora badalada representa de certo modo o reconhecimento de um trabalho e, porque não, o benefício alcançado após o esforço.

O problema começa quando a gente pensa que parceria, seja com editoras ou autores, é sempre e apenas "ganhar livros". Por trás da premissa simples do "ganhar e resenhar" há outros pormenores, que a gente só sente com o tempo e só vai descobrir com a experiência mesmo. 

Você sabia que cada vez mais blogueiros, instagrammers e youtubers estão optando por não fazer mais parcerias? E digo isso de grandes nomes, pioneiros. Os motivos são vários e dá pra elencar fácil alguns deles.

Os prós de se ter uma parceria são muitos e a gente já conhece a maioria:

Resultado de imagen para gifs celebrating

* A comodidade de receber um livro em casa, e grátis!

* As chances de aumentar a visibilidade de seu blog / página / insta através da publicidade da própria editora.

* A probabilidade enorme de ler novos gêneros, conhecer novos autores e sair da zona de conforto de sempre (coisa que você dificilmente faria com frequência e por conta própria). 

* A facilidade em estar à par dos novos lançamentos e novidades, já que muitos editoras costumam enviar uma "News" por email para que os parceiros conheçam o que está chegando e até o que está por vir em primeira mão.

* O contato que a gente passa a ter com a galera do meio literário, seja través do marketing da editora, seja através de feiras e encontros promovidos por algumas editoras. 

Tudo é bem legal né? 

Imagen relacionada

Mas como eu disse, tem um outro lado da moeda que quase ninguém avisa ao blogueiro de primeira viagem que conseguiu sua sonhada parceria. E esse lado faz a gente colocar as coisas na balança pra refletir se, afinal, vale ou não a pena fazer uma parceria e, ainda que valha a pena, será que você está mesmo com tempo e disposição pra encarar tudo isso? 

* As parcerias envolvem prazos. Ficar devendo resenha, enrolando a editora, entregando algo mal feito porque fez às pressas ou sem vontade não é nem um pouco legal e pode te queimar futuramente, portanto, pense nisso antes de aceitar uma parceria e veja se teu tempo particular te permite isso.

* Nem sempre você vai ler o que queria ler naquela hora. 
A editora, quando te manda livros, ela tem (ou deveria ter) prioridade na hora de você escolher as leituras do mês. Não tem jeito, isso é questão de responsabilidade. Então esteja ciente de que a tua TBR (Lista de Livros pra ler no mês) será formada em sua maioria por livros de parceria, e nem sempre por aqueles que você "morreria pra ler".

* Os melhores blogs não são aqueles que tem um milhão de parcerias.
É difícil saber os critérios que levam uma editora à escolher seus parceiros, e no meio de uma lista de bons blogs selecionados, às vezes a gente acha blog nem sempre tão sensacional que tá ali por qualquer outra razão difícil de entender, por isso não use parceria como termômetro de qualidade. Vários blogs incríveis optaram por não ter parcerias ou manter pouca parceria e o conteúdo desses blogs é excelente. 

* Quando bate a ressaca literária, você nem vai poder simplesmente "ler menos" mas vai te que se forçar a ler sempre e mais.

* Abandonar um livro se torna complicado já que há a obrigação de fazer a resenha.

E por fim, independente se tua balança das parcerias pesou mais nos prós que nos contras ou se foi o inverso, fica a dica:

Resultado de imagen para gifs i will tell the truth

*** Se valorize e valorize também os seus colegas blogueiros.

Há editoras maravilhosas e super bacanas, porém, há outras que só querem explorar o blogueiro e exigem muita divulgação e esforço em troca de migalhas. Se ame, valorize teu próprio blog e esforço e também os dos teus colegas e não aceite parcerias que pedem muito e oferecem pouco. 
Nesse mundinho blogger já vi parcerias exigindo coisas absurdas e se isso acontece ainda, é porque tem gente que aceita essas condições. 
Só que quando você aceita uma parceria absurda (daquela que te obriga a fazer mil e uma divulgações de um livro, que te obriga a ter x número de livros comprados da editora pra provar que é "leitor fiel", que te "pede" para "não fazer nenhuma resenha negativa dos livros enviados", fomenta a rivalidade acirrada entre blogueiros e tantas outras "normas" descabidas que já vi por aí) você não apenas diminui e denigre a importância do teu próprio blog e esforço, como também acaba denegrindo e diminuindo a importância de toda a comunidade blogger literária, pois passamos então a valer "bem pouco" aos olhos de quem está do outro lado (e se você duvida, saiba que o meio literário é o menos reconhecido e recompensado que há por ai, e parte disso se deve ao fato de nós não sabermos nos impor).

Imagen relacionada

Se vocês gostaram deste post, futuramente pretendo fazer outro parecido à este, comparando as condições de um blogueiro literário daqui e de um blogueiro literária lá na gringa. E se você ainda não percebeu o quanto o tratamento dado é diferente, vai se assustar quando descobrir. Ainda falta muito pra mudar, mas as mudanças começam por nós, com uma comunidade literária mais unida, que rivalize menos e se apóie mais.


Até a próxima,

Ivy

12 comentarios:

  1. Oi Ivy, eu amei sua postagem!
    Parceiras é uma parada complicada, tenho o meu blog desde 2011, no início era uma maravilha a cada parceria nova, adorava, aos poucos fui percebendo que não dava conta de ler tudo aquilo, pedi ajuda a uma colonista, seguimos o barco até ano passado, aos poucos fomos perdendo algumas parcerias até que desanimamos.
    Enfim, estou muito melhor agora, sem grandes editoras como parceiras, faço news quando quero, e ou dos somente dos livros mais desejados, leio os livros que quero, ou até mesmo aqueles que comprei no passado e não dava conta de ler! Me sinto livre. Sem contar que não tenho tempo para ficar fazendo mil divulgações e tudo o mais.

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderEliminar
  2. Oi, Ivy!
    Comigo aconteceu exatamente isso que você descreveu no texto haha Eu comecei o blog sonhando com a tal parceria e hoje sou bem mais tranquila quanto a isso. Passei por algumas editoras (algumas parcerias sensacionais, outras nem tanto) e depois de um período de hiato do blog, percebo que minha cabeça talvez não consiga acompanhar os prazos de várias editoras ao mesmo tempo. Preciso do meu tempo de leitura e preciso respeitar o momento em que simplesmente não quero ler nada.
    Tenho parceria hoje e ainda tenho vontade de voltar com uma ou outra que já tive, mas parei de me inscrever pra absolutamente tudo que via na frente haha Sem falar que muitas vezes a gente se mata pra conseguir seguir prazos e nem reconhecidos somos. Daria na mesma se eu tivesse lido o livro por vontade própria, no meu tempo e postado a resenha, sabe? Adorei sua ideia de falar sobre e de comparar com os blogs gringos, porque não sei nada sobre as diferenças!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderEliminar
  3. Oie
    Eu não me inscrevo mais em parcerias, resolvi ler os livros que eu quero. E bem isso que você falou, às vezes temos ressaca literária ou começamos a ler um livro e a leitura não flui e fica complicado com os livros de parceria.
    Este ano estou lendo menos, mas livros que eu realmente quero ler e se tenho que abandonar a leitura, abandono e vou para a próxima. Adorei seu texto.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. Oi Ivy,

    Realmente ter parceria com editoras sempre tem seus prós e contras. No começo do blog eu me inscrevia em tudo quanto editora, mas aos poucos fui percebendo que não valia a pena me inscrever em várias editoras que nem tinham livros do meu estilo só para tentar conseguir parceria com uma delas.
    Acho que tudo flui conforme nossa necessidade, e não adianta ter mil parcerias e não dar conta da metade. A gente precisa ver até onde podemos ir.

    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderEliminar
  5. Oi Ivy, adorei seu post! Ter parceria é muito bom, mas precisa ter responsabilidade e muita gente ignora isso...

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderEliminar
  6. Gostei muito da sua postagem. Infelizmente o blog se torna um trabalho ainda mais sério quando envolve parcerias. Eu já tive um outro blog literário há alguns anos com parcerias com editoras que abandonei na época porque não conseguia dar conta do grande número de leituras dos livros que me enviavam e junto das responsabilidades da faculdade. É preciso ter seriedade e se organizar, botar na balança e ver se realmente vale a pena.
    Adorei muito seu post <3

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderEliminar
  7. Olá, Ivy.
    Eu no momento estou com apenas três parcerias com editoras porque já fui "parceira" de várias editoras que só me ferrei. O dificil é que o povo não entende o termo parceria e acha que a gente ganha livros de graça sem esquecer o quanto o blogueiro faz valer aquele livro grátis. E tem editoras que se aproveitam porque tem blogueiros que se deixam aproveitar. A DarkSide mesmo é uma dessas. Só porque os livros deles são maravilhosos não significa que vou fazer qualquer coisa para ter uma parceria com eles. Achei a postagem muito interessante.

    Prefácio

    ResponderEliminar
  8. Oi Ivy, tudo bem?
    Arrasou demais no post! Eu acho que os prós e os contras que você listou são muito justos. Meu blog é pequeno e eu quase morri de emoção quando a primeira editora topou ser minha parceira, mas por mais que seja pequeno eu sempre acreditei muito nele, sabe? Então não saio aceitando qualquer coisa só pra "me pavonear" haha. Tanto que esse ano recusei 2 ou 3 parcerias (editora e autores) porque é muito cansativo ler algo por obrigação, sem realmente desejar.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderEliminar
  9. Oi Ivy!
    Eu confesos que hoje em dia nao vejo mais tanta vantagem em ter parcerias nao. Ja tive muitas mas acabei saturado e sem tempo de ler os meus e por isso abri mao. Por mais legal que seja receber livros ainda sim custa caro ter prazos de leitura ou cobranças. Ou pior, nao ser reconhecido pela propria editora.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Olá...
    Amei seu post, é sempre debater temas assim ;)
    No momento estou sem parcerias porque decidi "desencalhar" vários livros da estante e escolhi esse ano para fazer isso, logo, me decidi por não me inscrever em nenhuma seleção.
    Parceria com editoras é algo que envolve tempo, seja para resenhar, para fotografar, para ler e divulgar entre outros, acho que o próprio blogueiro tem que se planejar para não fazer coisa errada e sujar o nome do próprio blog. Parceria envolve compromisso e devemos estar cientes disso quando nos inscrevemos. Já tive parcerias com a Arqueiro, Galera Record, Grupo Editorial Record e Cia Letras, e só tenho elogios pra fazer, eles são super atenciosos.
    Na minha opinião, o mais complicado nessas parcerias é ler dentro de prazos.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  11. Um ótimo post com ótimas palavras. Acho que todo blogueiro passa por todas as fases e é natural kkk. Eu já tive a minha época de ter umas 7, 8 parcerias e me ver enlouquecida.. hoje com 3 parcerias já começo a continuar enlouquecida, e aí a gente vai vendo que diminuir é o melhor.. Precisamos valorizar nosso trabalho, nosso tempo e nosso carinho pelos livros que queremos ler.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderEliminar
  12. Oi, Ivy!
    Adorei seu post!
    Pra ser sincera, parceria nunca foi minha prioridade quando iniciei o blog e hoje em dia não ter alguma não me faz falta.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio de aniversário Balaio de Babados e O que tem na nossa estante. Participe!

    ResponderEliminar