(Review 347) - Gritos no silêncio (D.I. Kim Stone #1)

em 20 de abril de 2020

Título original: Silent Scream
Autor: Angela Marsons
Editora: Gutenberg  (Brasil) / Bookouture (EUA) / Espasa (Espanha)
Páginas: 320
Série: D.I Kim Stone
           1. Gritos no silêncio (Silent Scream) 
           2. Jogos Macabros (Evil Games) 
           3. Lost Girls
           4. Play Dead
           5. Blood Lines
           6. Dead Souls
           7. Broken Bones
           8. Dying Truth
           9. Fatal Promise
          10. Dead Memories
          11. Child´s Play
Ano de Publicação: 2015 (EUA) / 2018 (Brasil)
Gênero: Suspense / Thriller Policial
Valoração: 
Goodreads / Amazon / Skoob / Saraiva / Cultura

Na escuridão da noite, cinco figuras se revezam para cavar uma sepultura, um pequeno buraco em que enterram os restos de uma vida inocente. Ninguém diz nada, e um pacto de sangue os une. 
Anos mais tarde, Teresa Wyatt é brutalmente assassinada na banheira de sua casa e, depois disso, mais mortes violentas começam a acontecer. Todas as vítimas têm algo em comum, e a detetive que encabeça o caso, Kim Stone, logo percebe que a chave para deter o assassino que está semeando pânico na cidade é resolver um crime do passado. 
Só o que ela sabe é que alguém esconde um segredo e está disposto a fazer qualquer coisa para que nada seja revelado. 


Gritos no silêncio  é a primeira parte de uma série policial que apresenta como grande protagonista a Detetive de Homicídios Kim Stone, uma inglesa de 34 anos, solitária, durona e determinada que possuí um carisma enorme diante do leitor.

Quando Stone começa a investigar mais um homicídio, ela não faz idéia que para desvendar esse mistério terá que traçar uma verdadeira linha do tempo de 10 anos atrás, e investigar tudo sobre um orfanato bem nefasto, que abrigava garotas adolescentes abandonadas por suas famílias. Meninas tidas como problemáticas, e raramente lembradas pela sociedade.

A vítima do crime, Teresa Wyatt  foi a diretora nos últimos anos daquele lugar, e parece que alguém decidiu voltar pra se vingar de Teresa, e ao que parece ela não é a única da lista. Quando os cadáveres dos ex-colegas de trabalho de Teresa no orfanato Crestwood começam a se amontoar, Kim está segura que está diante de um assassino movido por um ódio profundo. Mas o que aconteceu há 10 anos atrás que pudesse na atualidade motivar essas vinganças?
Quando Kim começa a desencavar os segredos e cadáveres de Crestwood, o caso se torna mais sombrio e assustador do que se poderia imaginar. E não há tempo a perder. O assassino continua matando, e pode ser que Kim Stone e sua equipe sequer tenham tempo de salvar as próximas vítimas.

Minha opinião:

Gritos no silêncio conseguiu surtir um efeito de thriller pra mim durante a leitura. Desde o começo o tom do livro é bem mórbido, desde o primeiro assassinato. Mas tudo vai se tornando ainda mais complexo conforme as passagens de tempo se alternam e somos levados ao orfanato e suas garotas.
Eu achei esse livro simplesmente incrível. Me prendeu até a última página, tem umas reviravoltas imensamente inteligentes, além de carregar um tom de crítica social bem forte. Gritos no silêncio denuncia o abandono e os abusos sofridos por milhares de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade e faz isso com realismo, com maestria, conseguindo deixar no leitor em continua tensão, e ao final faz a gente refletir demais, até mesmo se revoltar com as injustiças tão frequentes na sociedade de hoje.

Toda a parte policial - criminal da estória foi super bem bolada, não houveram fios soltos, e a narrativa da autora, descrevendo o cenário e os eventos me envolveu completamente, a gente sente lá nas estranhas um certo pânico conforme vai se imergindo na estória, pois ela é bem mais forte do que dava pra pensar.

Um dos elementos que gostei foi a descrição da ambientação. O orfanato de Crestwood vai ganhando vida ao longo dos capítulos, mas até o final deixa no leitor uma impressão bem real, dá para imaginar aquele lugar, seus personagens e cada evento ocorrido, e se torna assustador. 
O grande trunfo de Gritos no silêncio é que é um livro inteligente, que coloca a gente pra pensar e que engana muito o leitor, eu mesma errei no meu palpite sobre o culpado o tempo todo. Os fatos estão todos ligados, então fica a dica: preste muita atenção aos detalhes, pois é aos poucos que o leitor vai entender o que moveu os cinco a manterem o segredo que escondem.
Me surpreendeu muito como escreve bem Angela Marsons. Eu nunca tinha escutado falar da autora antes desta série, e fiquei alucinada com a qualidade de sua escrita, a veracidade de sua narrativa. Para os fãs de thriller, esse livro é indispensável.

Concluindo...

Em resumo, Gritos no silêncio  é um inicio de série policial empolgante e muito sombria, um livro bem maduro, com uma narrativa que causa espanto e crimes que amedrontam conforme as descrições avançam. Os personagens formam um time promissor para a série toda, já que são uma equipe convincente, e a  protagonista Kim Stone é forte e carismática, possuí uma estória bem elaborada, e ganha a afeição do leitor desde os primeiros momentos. Desnecessário dizer que a segunda parte já entrou pra minha Wishlist. E fico aqui na torcida para que a editora continue publicando os próximos livros da série muito em breve. 


" Kim despediu-se e a garota se virou. Quaisquer palavras amorteciam o luto por uma questão de instantes. De natureza intrinsecamente egoísta, o luto era para os vivos. Tratava-se da intensidade com que as pessoas sentiam as próprias perdas e, em alguns casos, como Kim sabia, seus arrependimentos."


Continua em:

Jogos Malignos


Angela Marsons é a autora da série bestseller internacional "D.I. Kim Stone" e seus livros já venderam mais de 2 milhões nos últimos 2 anos. 
Marsons descobriu o seu amor pela escrita na escola, quando seus trabalhos ficaram em segundo plano para ela observar outras pessoas e criar suas próprias histórias. Em seu boletim sempre estava escrito: "Angela se daria bem se ela se importasse tanto com os trabalhos como se importa com os outros". 
Após anos escrevendo histórias baseadas em relacionamentos (The Forgotten woman e Dear Mother) Marsons voltou-se para o crime, ficcionalmente falando, é claro, e desenvolveu um personagem que se recusou a ir embora. Ela assinou a série "Kim Stone" com a Bookouture.com para um total de 16 livros, que já foram traduzidos para mais de 27 países. 
Angela Marsons mora em Black Count com seu parceiro, um atrevido Golden Retriever e um papagaio. 


Twitter: Angela Marsons 




Até a próxima, 


Ivy

24 comentarios:

  1. Oi, Ivy como vai? Este livro é espetacular. Quando o li confesso que não esperava muito da leitura, mas fui surpreendido positivamente. Que bom que você gostou. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    Não conhecia o livro mas é um gênero que estou me interessando muito, que bom que você gostou
    Beijinhos
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Olá!
    Amei saber que é uma série e esse é o primeiro. Gosto de séries e amo livros que terei que continuar a leitura em um próximo exemplar, antigamente eu não curtia mas, depois de uma série que li passei a amar quando são livros assim.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Oi Ivy!!

    Não conhecia a autora e nem o livro. Quem bom que você gostou da leitura, é tão bom quando a gente fica satisfeito com o livro né? Eu não sei se leria, primeiro porque não sou grande fã de thrillers/policiais fico numa mistura de ansiedade e tédio e sempre quero desistir do livro kkkkk, mas, o fato da série já te 11 livros foi o que mais me assustou, porque, se eu acabar lendo e gostando eu vou querer ler os outros e bom, será que a editora vai mesmo lançar todos aqui?

    Beijos!
    Eita Já Li

    ResponderEliminar
  5. Olá tudo bem? Eu gosto muito de leitura do gênero e achei a premissa da obra marcante e empolgante, não conhecia nada do livro mais adorei sua resenha e opinião, espero ter a chance de ler também em breve!

    ResponderEliminar
  6. Eita! Já anotei a dica! Fiquei bem interessada na história, mesmo sendo início de uma série relativamente grande.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #SorteiodaAmizade no twitter; três livros, um ganhador

    ResponderEliminar
  7. Oie, tudo bem? Não conhecia o livro mas achei incrível a premissa. Esse é o tipo de livro que gosto. Que traz suspense, mistério, e casos a serem resolvidos. Aquele frio na barriga nos persegue desde o início da história. Ah, também gosto muito dessa volta ao passado, de histórias mal resolvidas, e claro criar milhões de teorias. Já adicionei à minha lista para ler em breve. A edição já nos faz pensar em várias coisas. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderEliminar
  8. Olá, Ivy.
    Tem tantos autores bons que não são tão divulgados. Eu amei esse livro e não quero deixar suas expectativas altas mas o segundo é ainda melhor hehe.

    Prefácio

    ResponderEliminar
  9. Oi Ivy,

    Só vi elogios desse livro até o momento e estou curiosa para conhecer mais da personagem e da história.
    Espero poder ler em breve e curti a leitura como voce.

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Meu deus, eu não sabia que era uma série e uma série desse tamanhooooo!!!
    Eu já ouvi muita gente falar desse livro e eu sempre fico com vontade de ler, mas nunca acho tempo pra começar efetivamente.
    Eu gosto muito de thrillers e com toda certeza essa seria uma série que eu pegaria pra passar o mês todo lendo!! Ja vou pegar o primeiro aqui pois sua opinião me deixou com mais vontade ainda de ler!!!

    ResponderEliminar
  11. Olá, tudo bem? Eitaaa, que série gigante, haha! Não conhecia os livros ainda, mas depois de ler tua resenha fiquei bem empolgada com esse primeiro livro, parece ser uma leitura bem intensa e bacana. Adorei a dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderEliminar
  12. Oi, Ivy!
    Não conhecia essa série.
    Mas eu amooooooo thrillers policiais e a sua opinião sobre ele me deixou extremamente curiosa.
    Talvez possa ficar com um pouco de medo, hahaha.
    Só achei a série meio grande, apesar de não ter medo de tantos livros.

    Beijoooos

    Teca Machado
    www.casosacasoselivros.com

    ResponderEliminar
  13. Oi Ivy, tudo bem?
    Já amei por saber que é uma mulher a detetive protagonista. Séries policiais (que eu amo!) normalmente são estreladas por homens, e é legal ver uma proposta diferente.
    Adorei a premissa e já salvei o nome do livro pra ler futuramente! ♥
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderEliminar
  14. É meu gênero favorito da vida, e tô aqui de queixo caído para saber quem é essa pessoa tão magoada e movida pela vingança dessa forma tão assustadoraaaa. Já corri e adquiri a minha verão em ebook! Ansiosaaaa. É uma série que precisa ser lida em sequência?

    ResponderEliminar
  15. Oi, Ivy

    Eu li reviravoltas inteligentes? AMO! Outra coisa que me deixa muito interessada é o fato de termos uma detetive mulher, sempre acho as investigações muito mais criteriosas quando somos nós na frente de tudo! Hahahahahhaha
    Só no sabia que era uma série TÃO grande. Mas eu super leria sim!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderEliminar
  16. Oi, Ivy!

    Eu tenho esse livro adicionado nos meus desejados do Skoob, e sua resenha me deu mais vontade ainda de lê-lo! Apesar de suspense não ser meu gênero favorito, gosto de acompanhar o desenrolar, tentar desvendar a identidade do assassino, e esse parece além de ser bem escrito, ter uma história que prende bastante! Adorei a resenha!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  17. Muito interessante ler sua opinião. Nunca li o livro, mas imaginava que tinha assassinatos e suspense... gostei da resenha.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderEliminar
  18. Oi!
    Tenho esse livro na minha estante faz um tempo, mas não li ainda. Adoro esse suspense policial e toda a investigação, adorei sua resenha fiquei curiosa para conferir a leitura e agora muito mais, gosto de livros que detalha os lugares e nos faz imaginar estar dentro da trama. Parabéns pela resenha, obrigado pela dica, bjs!

    ResponderEliminar
  19. Olá, eu não conhecia o livro mesmo ele tendo um lançamento recente até. Sou muito fã de séries policiais e se eu tivesse comprado, eu juraria que era terror haha mas esse traz coisas que gosto muito e vou adquirir em breve. Ótima resenha e indicação!

    ResponderEliminar
  20. Me fez lembrar de uma série que vi recentemente na netflix e particularmente, gostei muito. Não conhecia o livro e aprecio série policial sombria, o último livro que li assim, foi me janeiro, fiquei com baita ressaca literária, já anotei essa indicação.

    ResponderEliminar
  21. Olá tudo bem?

    Eu amo esse tipo de livro, cheio de enigmas e mistérios para desvendar antes que o próprio autor decida nos revelar. Que bom que gostou tanto desse livro. Adorei a resenha e me sinto motivada a lê-lo o quanto antes.

    Beijos

    ResponderEliminar
  22. Oi Ivy! Este livro é maravilhoso e eu, que já li o segundo, digo que é ainda melhor. Que bom que você gostou. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderEliminar
  23. Já ouvi falar dessa obra, mas não tinha lido nenhuma resenha dela. Fico feliz em saber que ela atendeu todas as suas expectativas e surtiu o efeito esperado de um thriller. Confesso que preciso ler mais desse gênero e anotei a dica!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  24. Olá, tudo bem? Apesar de ser um livro que traz uma temática que sai da minha zona de conforto, é bom saber que a autora começou bem a série. Não conhecia, porém pelos seus comentários podemos ficar com uma pulguinha atrás da orelha de curiosidade. Espero também que a editora continue lançando o resto. Adorei!
    Beijos

    ResponderEliminar